Bastidores

Cássio admite chateação, diz que não tem nada a provar e promete fazer de tudo pelo Corinthians

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de setembro de 2020 - 23:40 - Atualizado em 16 de setembro de 2020 - 23:45

Cássio é um dos maiores ídolos da história do Corinthians, detentor de recordes e responsável direto por títulos importantes do clube. Nesta quarta-feira, o goleiro foi fundamental na vitória do Timão sobre o Bahia três dias depois de ser hostilizado por torcedores no desembarque do elenco em São Paulo.

Antes de deixar o gramado da Neo Química Arena, o camisa 12 foi sincero ao comentar o episódio e também o triunfo nesta 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Eu vou ser bem honesto, fiquei muito chateado com tudo que aconteceu, mas sou um servo de Deus, foi difícil, mas tive muita sabedoria, agradeço pela minha esposa, meus filhos, meus pastores, todo mundo que me ajudou, nesses momentos o cara vê o quanto é querido dentro do Corinthians. E, com toda humildade do mundo, eu não tenho que provar mais nada pra ninguém. É só pegar meus números, ver o que já fiz, mas vou continuar fazendo de tudo pelo Corinthians. Já passou, não desejo que ninguém passe por isso, que não aconteça em outros clubes, já deu, mas pra mim é passado, estou feliz em contribuiu, precisávamos muito, é uma vitória do time, saio feliz, obrigado a todos. Sou ser humano, acerto e erro, como todos, muito obrigado a todos, de coração”, disse o capitão alvinegro à Globo.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30, para pegar o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife.