Esportes

Casares revela que Muricy foi chamado para trabalhar na Seleção Brasileira

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de maio de 2021 - 15:31 - Atualizado em 30 de maio de 2021 - 16:00

O presidente do São Paulo, Julio Casares, revelou que Muricy Ramalho foi convidado pela CBF para integrar a comissão técnica da Seleção Brasileira. O ídolo tricolor, no entanto, recusou o convite, reforçando seu compromisso com seu clube do coração.

“O presidente da CBF, Rogério Caboclo, realmente convidou o Muricy para trabalhar na Seleção. Eu falei que não gostaria de abrir mão dele, que é um profissional sério, um patrimônio do São Paulo. E o Muricy não desejou largar esse projeto”, revelou Casares em entrevista à coluna da Mônica Bergamo na Folha de São Paulo.

Essa não é a primeira vez que Muricy Ramalho nega um convite da CBF. Em 2010, Ricardo Teixeira, então presidente da entidade, chegou a se reunir com ele para que assumisse o comando da Seleção, mas o treinador optou por permanecer no Fluminense.

“Agi como um mandatário representando 20 milhões de torcedores. É claro que eu fico lisonjeado, porque fomos atrás dos melhores. E os melhores estão aqui”, completou Casares, sinalizando que não está disposto a perder membros da equipe montada para a temporada de 2021.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.