Campeonato Brasileiro Série B

Capitão Fabrício acredita que Paraná pode brigar entre os primeiros na Série B

Paraná estreia na Série B do Campeonato Brasileiro dia 07 de agosto contra o Confiança

Mariana
Mariana Becker
Capitão Fabrício acredita que Paraná pode brigar entre os primeiros na Série B
Créditos: Allexandre Aguiar/Paraná Clube

30 de julho de 2020 - 19:07 - Atualizado em 30 de julho de 2020 - 21:54

Após a eliminação no estadual, o Paraná Clube está com foco total na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro e do jogo de volta da Copa do Brasil. No primeiro confronto, Tricolor vai à Aracaju enfrentar o Confiança, do técnico Matheus Costa, no dia 07 de agosto.

O capitão Fabrício acredita que apesar do volume de jogos ter aumentado por causa do adiamento da competição, a equipe que tiver um melhor entrosamento pode ter vantagem.

“A Série B é um campeonato muito parelho. O grupo que conseguir ser mais homogêneo, se preparar bem e fazer, principalmente, o dever de casa vai brigar em cima. Eu tenho muita fé que estamos nesse caminho e espero que possamos conseguir nosso espacinho lá em cima.”

Após saída de Matheus Costa o auxiliar, Allan Aal, assumiu o comando no começo de 2020. O técnico tem 15 jogos à frente da equipe e a confiança do capitão. “Na minha ótica de futebol, é um cara que está só começando. É um excelente treinador, os métodos e formas dele trabalhar e de enxergar o grupo pro campeonato é incrível. Eu tenho certeza que vamos conseguir unir isso pra fazer uma excelente campanha e só tenho expectativas maravilhosas em relação a isso. “

O zagueiro que já teve passagem pelo Paraná em 2008, voltou ao clube no final de 2019 e esta em ótima fase, sendo artilheiro da equipe nesta temporada.

“Eu só tenho a agradecer o elenco, a confiança do grupo em mim, não só do grupo, como do clube e da torcida, isso contribui muito para essa fase. Em relação a artilheiro é um momento de sorte, vamos dizer assim, meu foco e minha função é defender e fazer com que o paraná receba o menos gols possíveis”

Durante a parada por causa da pandemia, o Paraná Clube trouxe nove reforços para o time. Os zagueiros Salazar e Hurtado, aos laterais Toninho e Jean Victor, aos meias Gabriel Pires e Biteco e os atacantes Bruno Gomes e Wandson.

“Com certeza são nove grandes reforços, pra gente tem agregado muito no dia a dia. Os trabalhos do professor Allan deixam o elenco muito homogêneo. E esses novos chegaram pra somar muito, sabemos que essa caminhada vai ser árdua, difícil e com certeza eles vão contribuir muito com a equipe.”