Esportes

Camacho aposta em ‘silêncio’ para convencer torcedor do Santos: “No futebol é preciso estar bem todos os dias”

Gazeta
Gazeta Esportiva

21 de junho de 2021 - 14:57 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 15:15

Camacho começa sua trajetória no Santos com o pé direito (literalmente). O meio-campista foi bem na derrota para o Fluminense e na vitória sobre o São Paulo.

No Maracanã, Camacho entrou no segundo tempo e deixou Marinho na cara do gol antes de defesa de Marcos Felipe. Na Vila Belmiro, substituiu Alison na estreia como titular e iniciou a jogada do primeiro gol, marcado por Marinho, com bonito lançamento.

Indicado pelo técnico Fernando Diniz, Camacho comemorou o bom início na sua apresentação oficial no novo clube, mas adotou cautela para seguir convencendo o torcedor após certo descontentamento com a contratação.

“Futebol brasileiro é assim, pressão o tempo inteiro. Cheguei quietinho, sabendo que teria que trabalhar para mostrar serviço e mudar a opinião dos torcedores. Estou fazendo isso e espero continuar. Prefiro ficar na minha, em silêncio, para ajudar o Santos. No futebol é preciso estar bem todos os dias”, disse Camacho.

“Fui muito bem recebido por todos e isso é muito importante. Me senti um pouco em casa, isso é fundamental. Todos me deixaram à vontade e pude ajudar nos dois jogos. Espero que no decorrer do ano eu possa ajudar mais”, completou.

Camacho agora vive a expectativa de ter sequência como titular. Seu principal concorrente é o capitão Alison. A próxima partida será contra o Grêmio na quinta-feira, em Porto Alegre, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

“Não acredito nisso (mais chance de jogar pela indicação do Diniz). Time tem muitas peças boas e estou aqui para ajudar. Entrei contra o Fluminense, no último foi titular. Com 90 ou 5 minutos, darei minha vida para ajudar”, afirmou.

“Na minha carreira toda joguei a maioria como segundo volante, mas nos últimos três ou quatro anos vim para primeiro e me sinto bem. Faço as duas funções tranquilamente, ainda mais no estilo do Diniz, de muita movimentação e sem guardar muito lugar em campo. Posso fazer as duas”, concluiu.

Camacho tem 31 anos e rescindiu com o Corinthians para assinar no Santos até dezembro de 2022.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.