Esportes

Brasil segue na 2ª posição do ranking de seleções da Fifa; Bélgica é líder e Inglaterra entra no pódio

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de setembro de 2021 - 09:00 - Atualizado em 16 de setembro de 2021 - 09:15

A Fifa divulgou, nesta quinta-feira, o Ranking de Seleções do mundo de 16 de setembro. O Brasil permanece na 2ª colocação, enquanto a Bélgica lidera a lista. Já a Inglaterra, vice-campeã da Eurocopa, subiu para a 3ª posição. Ao todo, foram disputadas 177 partidas nesta primeira quinzena do mês.

Com a recontagem realizada, os belgas somam 1832 pontos e seguem no topo, enquanto os brasileiros, que têm 1812, ficam na vice-liderança.

Com o bom desempenho nas Eliminatórias para a Copa, os ingleses somam 1755 pontos e, assim, ultrapassaram os franceses, que têm um a menos. Desta forma, a Inglaterra, que venceu dois jogos e empatou um, retorna ao pódio após nove anos de ausência.

A Inglaterra lidera o Grupo I das Eliminatórias Europeias após 6 jogos: são cinco vitórias e um empate.

Já no top-10, destaque para Portugal e Dinamarca. A seleção comandada por Cristiano Ronaldo subiu uma colocação: é a 7ª melhor do mundo de acordo com o ranking. Já o time de Christian Eriksen ficou entre os dez primeiros – posição que não ocupava desde maio.

Entre as demais mudanças, o Irã saltou da 26ª para a 22ª colocação. A Noruega, sob o comando de Erling Haaland, também subiu quatro posições: é a 39ª melhor do mundo. O Canadá, que conta com o prodígio Alphonso Davies, é a 51ª do ranking após avançar oito colocações.

Por fim, menção para Kosovo, país da Península Balcânica que ficou independente em 2008. Desde 2016 na lista, a seleção subiu seis posições e ocupa a 109ª colocação, a mais alta de sua história.

Confira os 20 primeiros colocados do Ranking de Seleções da Fifa de setembro:

1 – Bélgica (1832 pontos)

2 – Brasil (1811)

3 – Inglaterra (1755)

4 – França (1754)

5 – Itália (1735)

6 – Argentina (1725)

7 – Portugal (1674)

8 – Espanha (1673)

9 – México (1666)

10 – Dinamarca (1658)

11 – Países Baixos (1648)

12 – Uruguai (1645)

13 – Estados Unidos (1643)

14 – Alemanha (1627)

15 – Suíça (1622)

16 – Colômbia (1618)

17 – Croácia (1608)

18 – Suécia (1606)

19 – País de Gales (1563)

20 – Senegal (1555)