Esportes

Brasil não deve ter Neymar e Marquinhos nas Olimpíadas

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de junho de 2021 - 23:38 - Atualizado em 14 de junho de 2021 - 23:45

O técnico André Jardine não deve ter Neymar e Marquinhos à disposição para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Isso porque o Paris Saint-Germain vetou o pedido da CBF pela liberação dos atletas, conforme noticiou a ESPN.

O pedido foi feito por Rogério Caboclo, antes dele ser afastado da presidência por conta de uma acusação de assédio contra uma funcionária da CBF. O time francês, no entanto, não quer ceder o atacante e o zagueiro, que estão à serviço da Seleção principal na Copa América.

A favor do PSG na negociação está o fato de que a Olimpíada não é considerada uma competição oficial, pois não é realizada pela Fifa. Com isso, as equipes não são obrigadas a liberar os seus jogadores.

Ainda segundo a reportagem, o Palmeiras também notificou a CBF que não quer liberar o goleiro Weverton, que até então era um dos favoritos para ocupar uma das vagas dos atletas acima dos 24 anos, junto com Neymar e Marquinhos.

André Jardine irá anunciar a lista final de 18 convocados na próxima quinta-feira, às 11 horas (de Brasília).

Atual medalhista de ouro, o Brasil estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio no dia 22 de julho, contra a Alemanha, no Estádio Yokohama. Três dias depois, o desafio é diante da Costa do Marfim. Por fim, a Seleção fecha a fase de grupos no dia 28, contra a Arábia Saudita.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.