Bragantino

Bragantino derrota o Ceará no Castelão com pênalti no minuto final

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de janeiro de 2021 - 22:33 - Atualizado em 17 de janeiro de 2021 - 22:45

Próximos na tabela do Brasileirão, Ceará e Bragantino se enfrentaram na noite deste domingo. Jogando na Arena Castelão, as duas equipes precisaram da ajuda da arbitragem para balançar as redes e o Braga venceu por 2 a 1, com pênalti no minuto final.

As duas equipes protagonizaram um primeiro tempo bem equilibrado e movimentado, mas faltou o mais importante – Ceará e Bragantino foram para o intervalo com 16 finalizações, oito para cada lado, e o marcador zerado.

O Massa Bruta voltou do vestiário pressionando o time da casa e, aos nove minutos, Léo Ortiz foi agarrado por Bruno Pacheco dentro da área. Pênalti marcado e convertido por Claudinho, artilheiro da equipe de Bragança.

O lance se repetiu do outro lado. O VAR capturou a imagem de Ryller segurando o adversário e pênalti marcado. Lima foi para a cobrança e deixou o marcador igualado para o Vozão.

O jogo continuou intenso na metade final, com bom volume ofensivo para as duas partes, mas com dificuldade nas finalizações. Até que o VAR apareceu mais uma vez e assinalou pênalti por toque na mão de William, nos acréscimos. Claudinho foi mais uma vez para a cobrança e deu a vitória para os visitantes.

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ 1 X 2 RED BULL BRAGANTINO

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 17 de janeiro de 2021, domingo

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Carlos Henrique Alves de Lima (RJ)

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Cartões amarelos: Edimar, Ryller (BGT); Bruno Pacheco (CEA)

Gols:

CEARÁ: Lima (16’2T)

BRAGANTINO: Claudinho (10’2T e 51’2T)

CEARÁ: Richard; Samuel Xavier, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho (William Oliveira), Fernando Sobral, Lima (Victor Jacaré), Vina (Kelvyn) e Léo Chú; Cléber (Wescley)

Técnico: Guto Ferreira

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Raul, Ryller (Ramires) e Claudinho; Artur, Helinho (Bruno Tubarão) e Ytalo (Hurtado)

Técnico: Maurício Barbieri

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.