Botafogo

Botafogo tenta manter sequência positiva contra o Grêmio

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de outubro de 2020 - 20:00 - Atualizado em 13 de outubro de 2020 - 20:15

O Botafogo emplacou duas vitórias seguidas e já está no meio da classificação do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, os alvinegros terão confronto direto com o Grêmio, em Porto Alegre.

O Grêmio vem decepcionando no Campeonato Brasileiro. Os gaúchos era apontados como um dos favoritos ao título, mas têm convivido com a irregularidade na competição.

Para esta partida, o técnico Renato Gaúcho tem várias dúvidas. Os zagueiros Pedro Geromel e Kannemann, volante Jean Pyerre e o meia Alisson serão avaliados para saber se terão condição de jogo.

“Precisamos conversar com os jogadores, ver como estão se sentindo. Fizeram três ou quatro treinos depois que voltaram da Covid-19, mas estavam muito cansados. Vou conversar e, a partir daí, defino a equipe”, disse sobre os defensores.

Para piorar, o zagueiro David Braz está suspenso. Paulo Miranda, lesionado, dificilmente terá condições de jogo. A boa notícia é a volta do volante Matheus Henrique, que cumpriu suspensão.

Do outro lado, o Botafogo vem crescendo de produção após a efetivação do técnico Bruno Lazaroni. A maior mudança feita pelo novo comandante foi o avanço de Honda, que passou a atuar como meia de criação.

Para o confronto desta quarta-feira, os cariocas terão os desfalques do zagueiro Marcelo Benevenuto e do volante Forster. Quem pode aparecer é o experiente Cícero, que foi reintegrado na última semana. A boa notícia será o retorno de Matheus Babi.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO X BOTAFOGO

Local: Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: 14 de outubro de 2020, quarta-feira

Hora: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

GRÊMIO: Vanderlei, Orejuela, Pedro Geromel (Rodrigues), Kannemann (Ruan) e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Thaciano e Robinho; Éverton, Diego Souza e Pepê

Técnico: Renato Gaúcho

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Warley, Cícero, Kanu e Victor Luís; Caio Alexandre, Rentería e Honda; Rhuan, Salomon Kalou e Pedro Raul

Técnico: Bruno Lazaroni