Botafogo

Botafogo corre contra o tempo para ser competitivo na Série B do Brasileirão

Gazeta
Gazeta Esportiva

7 de abril de 2021 - 18:49 - Atualizado em 7 de abril de 2021 - 19:00

O Botafogo teve o pior ano de sua história no Campeonato Brasileiro em 2020. O desastre do ano passado culminou com o rebaixamento à Segunda Divisão e a uma reformulação completa no departamento de futebol. Neste processo desde janeiro, o clube ainda não conseguiu definir uma formação ideal. Além disso ainda precisa de reforços para encarar a Série B e mirar o acesso.

Com pouco dinheiro, a diretoria trabalha para reduzir a folha salarial visando as contratações de um meia e um ou dois atacantes. Seis atletas precisam encontrar um destino: Barrandeguy, Gustavo Cascardo, Kevin, Lecaros, Davi Araújo e Rhuan.

Barrandeguy e Lecaros estiveram perto da saída esta semana. O uruguaio foi oferecido a clubes de seu país, mas recusou a transferência. O jogador de 24 anos está de olho na MLS norte-americana. Sua saída vai proporcionar uma economia de 1 milhão de Reais nos oito meses restantes de contrato.

O atacante peruano teve conversas com o Avaí-SC, mas o clube catarinense não concordou com as exigências do Botafogo.

Com contrato terminando no fim de maio, Cascardo é o menor problema. Já Davi Araújo, cujo vínculo de empréstimo acaba em 30 de junho, deve ter o retorno antecipado ao Real Brasília (DF).

Kevin é mais um com contrato até dezembro, mas o Botafogo negocia com o Tombense a sua devolução. Lecaros e Rhuan também têm contrato até o fim de 2021.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.