Argentina

Bielsa lamenta morte de Maradona:” A perda de um ídolo é um sentimento de fraqueza”

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de novembro de 2020 - 13:04 - Atualizado em 26 de novembro de 2020 - 14:15

A morte de Diego Armando Maradona segue causando comoção entre personalidades do futebol. Em entrevista coletiva, o técnico do Leeds United, o argentino Marcelo Bielsa, comentou sobre a dor de perder o ídolo.

“A imagem e o sentimento que ficam são insuperáveis. Para nós ele foi e continuará sendo um ídolo. Que não esteja mais conosco nos dá muita tristeza. A perda de um ídolo é um sentimento de fraqueza para todos nós”, disse o treinador.

Bielsa ainda fez uma relação entre os feitos de Maradona em campo e a arte.

“Ele era como um artista. A dimensão de sua arte tem reconhecimento infinito. Por exemplo, as músicas. Há mais de 10 dedicadas a ele que são extraordinárias. E li mais de 10 textos depois de sua morte que são muito sinceros e emocionantes. Há um reconhecimento do que ele deu às pessoas em termos de beleza”, explicou.

Por fim, o técnico do Leeds United refletiu sobre a idolatria de Maradona com os torcedores, em especial com as camadas mais excluídas da sociedade.

“Diego nos fez sentir uma fantasia como só um ídolo pode fazer. O mito de que essa pessoa é, o que ela faz, nos faz acreditar que nós também podemos fazer. Por isso a perda de um ídolo machuca tanto os mais excluídos, indefesos, porque são os que mais precisam acreditar que é possível triunfar”, concluiu.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.