Futebol

Barcelona avança em acordo e fica perto de ter ídolo Xavi como novo técnico

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de outubro de 2021 - 09:53 - Atualizado em 28 de outubro de 2021 - 10:15

O Barcelona demitiu Ronald Koeman do comando técnico após as derrotas no clássico contra o Real Madrid e para o Rayo Vallecano. Xavi Hernández, ídolo do clube como jogador e atualmente no Al Sadd, do Catar, é o desejo principal da diretoria, que trabalha para ter o treinador até a próxima terça-feira, quando o time catalão enfrenta o Dínamo de Kiev na Liga dos Campeões, segundo o Mundo Deportivo.

De acordo com a publicação, o presidente do Barcelona, Joan Laporta, já entrou em contato com Xavi e um acordo está avançado. O contrato do ex-meia com o Al Sadd não contempla uma cláusula rescisória em caso de saída para o Barça, e os catalães apostam na boa relação do ex-jogador com os donos do time do Oriente Médio.

A principal discussão para se chegar a um acordo é que o Al Sadd deseja que Xavi fique no clube até a próxima quarta-feira, quando o time tem um clássico local com o Al Duhail, um dia depois do confronto do Barcelona com o Dínamo de Kiev.

Como jogador do Barça, Xavi disputou 767 partidas, com 85 gols marcados e 185 assistências. Conquistou quatro títulos da Liga dos Campeões, além de oito taças do Campeonato Espanhol.