Esportes

Auxiliar de Crespo fala sobre Daniel Alves no meio-campo: “Poderíamos ter mais sucesso”

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de julho de 2021 - 00:57 - Atualizado em 1 de julho de 2021 - 01:15

Juan Branda mais uma vez foi o responsável por comandar o São Paulo nesta quarta-feira, contra o Corinthians, em Itaquera. O auxiliar técnico de Hernán Crespo vem substituindo o treinador, que contraiu covid-19, e teve de explicar o motivo pelo qual Daniel Alves voltou a jogar no meio-campo, tendo um desempenho aquém das expectativas no Majestoso.

“Tratamos de buscar hoje tanto com Dani [Alves] quanto com Liziero e Benítez muita chegada dos meio-campistas. Acreditamos que poderíamos ter mais sucesso”, disse Juan Branda, evitando prolongar a resposta.

Logo no início do segundo tempo, a saída de Benítez para a entrada de Rigoni chamou atenção. Enquanto muitos acreditavam que a entrada do meia-atacante argentino poderia deslocar Daniel Alves para a lateral direita, sacando Igor Vinícius do jogo, foi justamente a cabeça pensante do Tricolor dentro de campo que acabou sendo sacado.

“São decisões que se tomam em conjunto com toda a comissão técnica. Decidimos fazer essa troca por situações que vimos na partida”, prosseguiu.

Povoando o meio-campo, a comissão técnica são-paulina esperava ganhar o domínio do jogo e criar boas oportunidades de gol, mas o que se viu ao longo dos 90 minutos foram duas defesas irretocáveis, esbanjando disciplina tática para neutralizar qualquer investida do ataque rival.

“A intenção era ser ofensivo, tivemos muito tempo a bola. Não terminamos no último terço como gostaríamos, mas a ideia era ser ofensivo, concluiu.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.