Bastidores

Autuori critica tentativa de volta aos treinos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Autuori critica tentativa de volta aos treinos

23 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 23 de maio de 2020 - 00:00

O técnico Paulo Autuori participou de uma entrevista coletiva virtual nesta sexta-feira. O comandante respondeu perguntas enviadas por jornalistas em uma live na TV Botafogo. Logo no início, o treinador criticou a vontade de alguns clubes em buscar o retorno dos treinos no CT.

(Foto: Divulgação/Vitor Silva)

“Todos os clubes, a maior parte, pelo menos os que têm sensibilidade, estão receosos quanto ao retorno neste momento. Não adianta olhar só para o futebol como se estivesse à margem do mundo real. Somos seres humanos. Nós temos muita vontade de voltar a desenvolver o trabalho com normalidade, mas a necessidade nos faz pensar que não é o momento. É incrível como as pessoas estão completamente fora do mínimo de bom senso e sensibilidade”, disse.

“]

Autuori também falou sobre o encerramento da negociação do Botafogo com Yaya Touré. Ele minimizou o assunto e afirmou que está focado somente no elenco.

“Não costumo perder o foco do essencial. E o essencial é a nossa realidade. Não comento sobre possibilidades. Fico focado no que tenho que fazer. Vou trabalhar dentro da nossa realidade e valorizando aquilo que tenho. É um assunto ultrapassado que nunca levei muito em conta. Temos muitas coisas a pensar, a fazer, dentro e fora do campo. Não há como perder o foco naquilo que é essencial. As prioridades são sempre as necessidades, por isso me preocupo com o grupo”, declarou.

Por fim, o comandante alvinegro rasgou elogios ao japonês Honda. Autuori lembrou que o meia pediu para não receber salários durante a paralisação do futebol pela pandemia de coronavírus.

“Trabalhei por dois anos no Japão e conheço minimamente a maneira como o povo japonês vive momentos como esse. Estão acostumados a passar por situações complicadas com muita disciplina. O Honda não foge disso. Mesmo fora do seu país, em um lugar com um desgoverno total. Não me surpreende, mas acho extraordinário. Temos, também, outros jogadores dispostos a se sacrificar nesse momento. Sobre Honda, é típico do caráter do japonês e do próprio Honda também. Temos que valorizar todos”, comentou.

O elenco do Botafogo realiza treinos virtuais diariamente sob a supervisão da comissão técnica. A diretoria já antecipou que é contra o retorno dos trabalhos essenciais e cogita até não disputar o restante do Campeonato Carioca.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.