Esportes

Atlético-MG vence o Athletico nos pênaltis e conquista o título do Campeonato Brasileiro Sub-20

Furacão marca no tempo normal com Rômulo Cardoso e vence por 1 a 0, mas é superado nas penalidades máximas e termina como vice-campeão

Guilherme
Guilherme Almeida
Atlético-MG vence o Athletico nos pênaltis e conquista o título do Campeonato Brasileiro Sub-20
(Foto: José Tramontin/Athletico)

24 de janeiro de 2021 - 22:34 - Atualizado em 24 de janeiro de 2021 - 22:47

Na noite deste domingo (24), Athletico e Atlético-MG se enfrentaram no CAT Caju, pelo segundo jogo da final do Campeonato Brasileiro Sub-20.

O Furacão fez grande partida, reverteu a vantagem do Galo e venceu por 1 a 0, gol de Rômulo Cardoso. Porém, nas penalidades máximas, o zagueiro Edu acabou errando uma cobrança e o Atlético-MG venceu por 5 a 4.

O Athletico fez grande campanha no Campeonato Brasileiro Sub-20, e sai de cabeça erguida. É bom relembrar que muitos destes jogadores irão compor o grupo que disputará o Campeonato Paranaense, com início marcado para o dia 28 de fevereiro, quando o Furacão enfrenta o Cianorte, fora de casa.

Athletico 1 (4 x 5) 0 Atlético-MG

O Athletico começou o jogo pressionando. Logo aos dois minutos, João Pedro arriscou de longe, mas o goleiro Gabriel Delfim salvou. Aos nove, Vinícius Mingotti bateu da entrada da área. A bola passou perto do gol do Galo. Aos 19, novamente João Pedro obrigou Gabriel Delfim a salvar os mineiros.

O Atlético-MG ainda não havia criado nenhuma chance de gol, porém, isso mudou aos 32 minutos. Wesley aproveitou a sobra do escanteio a arriscou de longe, mas a bola explodiu na trave de Léo Linck. No minuto seguinte, Wesley emendou uma bicicleta, mas mandou por cima do gol do Furacão.

Aos 47, João Pedro cobrou falta e a bola caprichosamente bateu na trave, decretando a igualdade na primeira etapa da decisão do Campeonato Brasileiro Sub-20.

O Atlético-MG começou o segundo tempo em cima, e teve boa chance com Echaporã, aos três minutos, mas a cabeçada do jogador parou em Léo Linck. Aos 11, Ramon arriscou de longe, por cima do gol.

O jogo seguiu morno, com o Atlético-MG controlando o resultado, e o Athletico não conseguindo ser efetivo. O Furacão só foi levar perigo aos 35. Kawan mandou uma bomba de fora da área. A bola passou raspando a trave de Gabriel Delfim.

Até que, aos 40 minutos, o Athletico enfim conseguiu abrir o placar. Gabriel Delfim se atrapalhou no recuo. Micael roubou a bola e tocou para Rômulo Cardoso, bater forte e abrir o placar, levando a decisão para os pênaltis.

O Athletico começou cobrando as penalidades. Rômulo Cardoso, mandou rasteiro e marcou. O Atlético-MG igualou com Pedro Henrique. O Furacão voltou a ficar na frente, com Iago. Micael igualou para o Galo, 2 a 2.

Até que na terceira cobrança do Athletico, Edu parou em Gabriel Delfim. Mesmo escorregando na cobrança, Nogueira conseguiu colocar o Atlético-MG na frente do placar.

Kawan cobrou e empatou para o Furacão, que voltou a ficar atrás do marcador quando Luís Eduardo marcou o quarto gol do Galo.

Luan Patrick ainda deu esperanças para o Furacão, mas Guilherme Santos fechou a disputa com um chute alto e forte, sem chances para Léo Linck. Atlético-MG campeão do Campeonato Brasileiro Sub-20.

Athletico 1 (4 x 5 ) 0 Atlético-MG

Athletico: Léo Linck; Luca Caio (Iago), Edu, Luan Patrick e Raimar João Victor); Kawan, Ramon (Dudu) e João Pedro (Rômulo Cardoso); Julimar, Jajá e Vinícius Mingotti (Paulo Victor). Técnico: Rafael Guanaes

Cartões: João Pedro (20”/1ºT); Ramon (41”/1ºT); Iago (33”/2ºT); Edu (39”/2ºT)

Gols: Rômulo Cardoso (40”/2ºT).

Atlético-MG: Gabriel Delfim; Talison, Hiago Ribeiro, Micael e Kevin Vinicius Nogueira); Hiago e Wesley (Luís Eduardo); Echaporã (Gabriel Santos), Júlio César (Rubens) e Guilherme Santos; Giovani (Pedro Henrique). Técnico: Marcos Valadares

Cartões: Micael (26”/1ºT); Giovani (34”/2ºT); Hiago (49”/2ºT).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.