Atlético-MG

Atlético-MG vence Goiás e garante liderança do Brasileiro por mais uma rodada

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de outubro de 2020 - 22:56 - Atualizado em 11 de outubro de 2020 - 00:00

O líder Atlético-MG conquistou mais uma vitória no Campeonato Brasileiro neste sábado. O Galo recebeu o Goiás no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 14ª rodada, e venceu pelo placar de 3 a 0. Keno e Nathan marcaram no primeiro tempo, enquanto Marrony balançou as redes na etapa final.

Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli chega a 30 pontos conquistados na ponta da tabela e não pode ser ultrapassada na rodada. O Esmeraldino, por sua vez, segue na lanterna da competição nacional com apenas nove pontos.

Agora, o Atlético-MG entra em campo na quarta-feira (14), às 21h30 (de Brasília), quando recebe o Fluminense, novamente no Mineirão. Já o Goiás encara o Flamengo na terça-feira (13), às 18h, no Maracanã, em confronto adiado da 11ª rodada.

O jogo

Jogando em casa, o Atlético-MG pressionou os adversários desde o primeiro minuto. Com mais posse de bola e volume de jogo, o Galo quase abriu o marcador três vezes em lances criados pelo garoto Sávio. Em dois chutes, o jovem de 16 anos exigiu boas defesas de Tadeu e mandou perto da trave no terceiro.

O primeiro gol saiu aos 41 minutos do primeiro tempo. Eduardo Sasha recebeu ótimo passe de Keno e foi derrubado dentro da área pelo goleiro esmeraldino. O árbitro viu a infração e marcou a penalidade máxima, cobrada e convertida pelo camisa 11 alvinegro.

Cinco minutos depois, Keno fez grande jogada pela ponta esquerda e cruzou na cabeça de Nathan, que mandou no contrapé de Tadeu e ampliou a vantagem antes da saída para o intervalo.

Apesar da diferença de dois gols, o Atlético seguiu buscando o terceiro na etapa final. Aos 16 minutos, Allan chutou,Tadeu rebateu, e Réver ficou com a sobra na cara do gol. O zagueiro encheu o pé e acertou o goleiro do Goiás, desperdiçando boa oportunidade.

No minuto seguinte, Allan finalizou da entrada da área e viu a bola passar raspando a meta esmeraldina. Aos 41 minutos, Keno entrou na área, cortou para a direita e bateu rasteiro no pé da trave.

E o último tento saiu aos 46 minutos. Breno perdeu a bola para Keno, que correu pela esquerda e achou Marrony. O atacante chutou em cima de Heron, mas ficou com o rebote e bateu de esquerda para dar números finais à partida.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 3 X 0 GOIÁS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 10 de outubro de 2020, sábado

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Pintado (Goiás)

Gols: Keno, aos 41 minutos do primeiro tempo; Nathan, aos 46 minutos do primeiro tempo; Marrony, aos 46 minutos do segundo tempo (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Everson, Guga, Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana; Jair (Borrero), Nathan (Allan) e Hyoran (Fábio Santos); Sávio (Maílton), Keno e Eduardo Sasha (Marrony).

Técnico: Jorge Sampaoli

GOIÁS: Tadeu; Pintado, Fábio Sanches, David Duarte (Miguel Figueira) e Jefferson (Caju); Breno, Gilberto (Heron) e Daniel Bessa; Shaylon (Keko), Rafael Moura e Vinícius.

Técnico: Enderson Moreira