Atlético-MG

Atlético-MG é acionado na Fifa por atrasar pagamento de Dylan Borrero

Gazeta
Gazeta Esportiva

24 de novembro de 2020 - 16:03 - Atualizado em 25 de novembro de 2020 - 11:45

O Independiente Santa Fe, equipe colombiana, acionou o Atlético-MG na Fifa após o clube mineiro atrasar as parcelas de pagamento do jogador Dylan Borrero. O Santa Fe cobra cerca de 645 mil euros – R$ 4,1 milhões. O Galo já perdeu em 1ª instância.

O primeiro julgamento do caso aconteceu ainda em outubro com o Atlético condenado, ainda que caiba recurso. A equipe brasileira deixou de pagar cinco parcelas de R$ 100 mil, segundo o Santa Fe, entre fevereiro e junho, além da parcela de janeiro. Com isso, os colombianos cobram 45 mil euros de multa.

Borrero foi contratado no início do ano, em janeiro, por 1 milhão de euros – R$ 4,2 milhões. O meia-atacante entrou em campo no último domingo, em partida contra o Ceará, e foi expulso na segunda etapa.

O Galo tem 45 dias a partir da notificação para realizar o pagamento, do contrário o clube corre o risco de ser punido com o transfer ban, não podendo mais registrar novos jogadores, por até três janelas de transferências internacionais.

Caso o Atlético-MG recorra, o período de pagamento é suspenso até um novo julgamento.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.