Esportes

Athletico vence o Metropolitanos e assume liderança isolada na Sul-Americana

Renato Kayzer foi o herói da noite, ao marcar o gol da vitória, que dá a liderança ao Furacão

Guilherme
Guilherme Almeida
Athletico vence o Metropolitanos e assume liderança isolada na Sul-Americana
Renato Kayzer foi o autor do gol da vitória do Athletico (Foto: José Tramontin/Athletico)

28 de abril de 2021 - 21:13 - Atualizado em 29 de abril de 2021 - 07:22

Na noite desta quarta-feira (28), Athletico e Metropolitanos, da Venezuela, se enfrentaram, pela segunda rodada do Grupo D da Copa Sul-Americana.

Em jogo de ataque contra defesa, o Athletico conseguiu furar a retranca da equipe venezuelana e saiu com a vitória. Renato Kayzer, aos oito minutos do segundo tempo, marcou o gol do triunfo do Furacão.

Com o resultado, o Athletico assumiu a liderança da chave, com seis pontos em dois jogos. O Furacão aguarda o resultado da partida entre Melgar, do Peru e Aucas, do Equador, que se enfrentam ainda hoje, para saber se permanece isolado na primeira posição ou divide a ponta com os peruanos.

Já o Metropolitanos, permanece zerado na competição, com duas derrotas, na lanterna do grupo.

Na próxima rodada, a terceira do Grupo D, o Athletico vai até Arequipa, no Peru, encarar o Melgar, no estádio Monumental de La Unsa, na terceira-feira (04), às 21h30. Já o Metropolitanos recebe, no Olímpico de La Ucv, a equipe do Aucas, também na terça-feira (04), mas às 19h15.

ATHLETICO 1 X 0 METROPOLITANOS

O Athletico dominou o primeiro tempo. O rival, por outro lado, não conseguiu criar nenhuma grande chance de perigo. O Furacão teve mais posse de bola e conseguiu chegar na área do Metropolitanos mais vezes, no entanto, a forte retranca imposta pelos venezuelanos impediu que o Rubro-Negro pudesse abrir o placar e sair com a vitória parcial.

As melhores chances do Athletico foram no final do primeiro tempo. Aos 37 minutos, Abner chutou de longe, mas a bola saiu por cima do travessão de Schiavone.

Aos 41 foi a vez de Vitinho, que finalizou dentro da área e exigiu boa defesa do goleiro adversário. Aos 46, Nikão cobrou falta com perigo. No último lance da primeira etapa, Abner quase marcou, após seu chute desviar na defesa, exigindo grande defesa de Schiavone.

O Athletico começou o segundo tempo pressionando, e enfim, conseguiu furar a retranca do Metropolitanos. Aos oito, Thiago Heleno lançou Khellven, que levantou a bola para Renato Kayzer apenas completar para as redes e abrir o placar.

Após o gol, o jogo deu uma amornada. O Athletico seguia controlando as ações, mas já era tão efetivo, enquanto o Metropolitanos não exercia nenhuma pressão. Entretanto, o time visitante quase chegou ao empate na única oportunidade que teve, aos 36, quando Mancín recebeu cara a cara com Santos, mas mandou longe do gol.

Ainda deu tempo de Bustillo ser expulso por agredir Renato Kayzer, no entanto, mesmo com um jogador a mais, o Athletico não conseguiu ampliar o placar, e o resultado terminou mesmo em 1 a 0.

Ficha Técnica

Copa Sul-Americana
Grupo D- 2ª rodada


Athletico: Santos; Erick (Christian), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Richard, Fernando Canesin (Yago) e Léo Cittadini (Khellven); Nikão, Renato Kayzer (Matheus Babi) e Vitinho (Reinaldo)
Técnico: António Oliveira
Gols: Renato Kayzer (2ºT/08″)
Cartões Amarelos:
 Nikão (1ºT/43″)

Metropolitanos: Schiavane; Bolívar (Colmenarez), Ferro, Pabón (Mancín), Leonardo Falcón e Cova; Flores, Larotonda (Rosa), Banachille e Martell (Soto); Bustillo
Técnico: José María Morr
Cartões Amarelos: Cova (2ºT/29″)
Cartões vermelhos: Bustillo (2ºT/33″)

Local: Arena da Baixada
Data: 28/04/2021
Horário:
19h15
Árbitro: Gustavo Tejera (URU)
Assistentes: Santiago Fernández (URU)) e Raúl Orellana (CHI)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.