Atlético-GO

Athletico-PR vira diante do Dragão e assume liderança isolada com 100% no Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

20 de junho de 2021 - 20:11 - Atualizado em 20 de junho de 2021 - 22:15

Contando com um tropeço do Fortaleza, o Athletico-PR conseguiu assumir a liderança do Brasileiro neste domingo e manter o 100% de aproveitamento na competição. Ao receber o Atlético-GO, na Arena da Baixada, o Furacão fez 2 a 1 de virada e garantiu mais três pontos.

O Furacão marcou presença no campo ofensivo durante os minutos iniciais, principalmente pelas beiradas. Mesmo assim, a atitude não assustou o Dragão, que fez marcação alta sem bola e conseguiu surpreender o time da casa.

Logo aos 13 minutos, Baralhas roupou a bola no último terço do campo e chegou invadindo a área do Athletico – chutando na gaveta do goleiro Santos e abrindo o marcador.

O Furacão chegou ao empate ainda na primeira etapa, já na reta final. Aos 43, Marcinho levantou na área e Matheus Babi subiu alto para cabecear forte e sem chances ao goleiro adversário – tudo igual na Baixada.

As duas equipes foram vazadas pela primeira vez na competição e foram ao vestiário com o empate parcial.

Na metade final de jogo, o Atlético desperdiçou oportunidades e parou na trave mais de uma vez. Em lance inacreditável com Natanael, o atacante do Dragão ficou de frente ao gol e sem arqueiro para carimbar o poste.

Após colecionar chances perdidas, o Atlético foi castigado. Mais uma vez com a bola aérea, o Furacão balançou a rede – desta vez, aos 26 minutos, com Christian recebendo o cruzamento de Abner.

Não só o placar virou na reta final, mas também a confiança do Furacão cresceu e a equipe melhorou dentro de campo. Dessa forma, ficou difícil para o Atlético-GO reverter a situação e o placar se arrastou até o apito final.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 2 X 1 ATLÉTICO-GO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 20 de junho de 2021, domingo

Horário: 18h15 (de Brasília)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Terans, Matheus Babi (CAP) João Paulo, Zé Roberto (ACG)

GOLS:

ATHLETICO-PR: Matheus Babi (43’1T) Christian (26’2T)

ATLÉTICO-GO: Gabriel Baralhas (13’1T)

ATHLETICO-PR: Santos; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno, Zé Ivaldo e Abner; Richard, Christian (Léo Cittadini) e David Terans (Jadson); Vitinho (Carlos Eduardo) e Matheus Babi (Renato Kayzer).

Técnico: António Oliveira

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Dudu, Nathan, Oliveira e Igor Cariús (Arthur Gomes); Gabriel Baralhas (Lucão), Marlon Freitas e João Paulo; Janderson (André Luís), Zé Roberto e Natanael.

Técnico: Eduardo Barroca

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.