Bahia

Athletico-PR tenta aproveitar embalo contra o Bahia para subir na tabela do Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de setembro de 2020 - 20:00 - Atualizado em 25 de setembro de 2020 - 20:15

Depois de vencer o Colo-Colo na Libertadores, o Athletico Paranaense vira a chavinha e volta o foco para o Campeonato Brasileiro. Neste sábado, às 19h (de Brasília), o Furacão recebe o Bahia na Arena da Baixada, em jogo válido pela 12ª rodada da competição nacional.

Com campanha irregular na 15ª colocação com apenas 11 pontos, o time de Eduardo Barros tenta aproveitar o embalo das últimas três partidas (contra Coritiba, Jorge Wilstermann e Colo-Colo) para continuar o bom momento e subir na tabela.

Ainda sem Walter, que cumpre isolamento social por ter sido diagnosticado com covid-19, a equipe pode contar com o camisa 10 Jorginho, que realizou a sua estreia na última quarta-feira.

Se os paranaenses chegam embalados, o Bahia vem em fase complicada na competição. Já são oito jogos sem vencer e nem a de Mano Menezes para o lugar de Roger Machado ainda não foi capaz de amenizar os problemas. O novo técnico do Tricolor Baiano estreou com derrota para o Atlético-GO em plena Fonte Nova e, na sequência, foi derrotado pelo Corinthians na última rodada.

Com os resultados ruins acumulados, o Bahia se encontra em condição complicada na zona do rebaixamento, com apenas nove pontos somados na penúltima colocação. A equipe tem como principal desfalque o lateral-direito Nino Paraíba, que deve dar lugar a Edson.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR X BAHIA

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 26 de setembro de 2020, sábado

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

ATHLETICO-PR: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Erick, Wellington, Léo Cittadini e Christian; Pedrinho e Fabinho.

Técnico: Eduardo Barros

BAHIA: Douglas; Edson, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Jadson e Ronaldo (Eric Ramires); Rodriguinho, Élber e Gilberto

Técnico: Mano Menezes

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.