Esportes

Athletico não vence o Santos, na Vila Belmiro, desde 2005

Única vitória do Furacão jogando no estádio santista foi há 16 anos, pela Copa Libertadores

Guilherme
Guilherme Almeida
Athletico não vence o Santos, na Vila Belmiro, desde 2005
Último confronto entre as equipes na Vila Belmiro terminou com vitória santista (Foto: Reprodução/Athletico)

5 de julho de 2021 - 15:16 - Atualizado em 5 de julho de 2021 - 15:38

Além da briga pela liderança da Série A, o Athletico terá outra motivação para a partida contra o Santos, nesta terça-feira (06), às 19h30, pela décima rodada. O Furacão tentará quebrar um tabu de 16 anos sem vencer na Vila Belmiro, palco da partida.

Até hoje, as equipes se enfrentaram 55 vezes na história, em partidas válidas pela Série A, Copa Libertadores, Copa do Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa. A vantagem é do Santos, que venceu 26 vezes, contra 16 do Athletico. Ainda aconteceram outros 13 empates.

Jogando em São Paulo, foram 27 encontros, com ampla vantagem santista: 20 vitórias, além de seis empates, contra apenas uma vitória do Furacão.

Vitória histórica

O triunfo do Athletico, entretanto, foi histórico e marcante para a torcida. Pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores de 2005, o Furacão venceu por 2 a 0, gols marcados pelo atacante Aloísio Chulapa.

(Créditos: SporTV)

O resultado garantiu à classificação às semifinais, já que o Rubro-Negro havia vencido a partida de ida na Arena da Baixada por 3 a 2.

Posteriormente, o Athletico ainda passou pelo Chivas Guadalajara, do México, nas semifinais, e avançou à decisão, na qual foi derrotado pelo São Paulo.

Último confronto

O último duelo entre os clubes foi pela 22ª rodada da última Série A, no dia 21 de novembro de 2020. Na Arena da Baixada, o Athletico venceu por 1 a 0, gol marcado pelo zagueiro Thiago Heleno.

(Créditos: Ge.globo)

Provável escalação

Para a partida, o técnico António Oliveira não tem desfalques por lesão ou suspensão. O único jogador no Departamento Médico (DM) é o zagueiro Lucas Halter, que se recupera de cirurgia no tendão de aquiles e só volta ano que vem.

Entretanto, mesmo que conte com força máxima para o duelo contra o Peixe, não é certo que o comandante do Athletico repita à escalação da vitória contra o Fortaleza.

Devido à sequência de jogos e o pouco intervalo de tempo entre as partidas, António Oliveira poderá poupar alguns atletas, como o zagueiro Thiago Heleno e o lateral-esquerdo Abner Vinícius, que foi convocado pelo técnico André Jardine, na última sexta-feira (02), para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Com isso, uma provável escalação tem: Santos; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno (Zé Ivaldo) e Abner (Nicolas); Richard, Christian (Léo Cittadini) e Terans; Nikão, Vitinho e Matheus Babi.

Santos e Athletico se enfrentam nesta terça-feira (06), às 19h30, na Vila Belmiro. O Furacão é o vice-líder, com 19 pontos, dois atrás do Red Bull Bragantino, porém, com uma partida a menos. Já o Peixe é o décimo primeiro, com doze pontos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.