Futebol

Athletico joga mal, é dominado pelo Fortaleza e perde por 3 a 0

Jogando com um time alternativo, Furacão não é páreo para o Leão do Pici, que domina a partida, vence com autoridade e assume a vice-liderança da competição

Guilherme
Guilherme Almeida
Athletico joga mal, é dominado pelo Fortaleza e perde por 3 a 0
Furacão foi dominado e perdeu por 3 a 0 (Foto: Reprodução/Athletico)

23 de outubro de 2021 - 21:13 - Atualizado em 23 de outubro de 2021 - 21:25

Na noite deste sábado (23), Fortaleza e Athletico se enfrentaram, na Arena Castelão, pela 28ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Jogando com os reservas por priorizar a decisão contra o Flamengo, na Copa do Brasil, o Furacão foi presa fácil para o Leão do Pici, que também briga para ir a final da competição nacional, mas mandou a campo o que tinha de melhor, e foi premiado com uma grande atuação e com uma vitória maiúscula por 3 a 0, gols marcados pelos meias Lucas Lima e Yago Pikachu e pelo atacante Robson.

O resultado, aliado à derrota do Flamengo para o Fluminense, coloca o Fortaleza na vice-liderança da competição, com 48 pontos, à oito de distância do Atlético-MG, que ainda joga na rodada. Já o Athletico, cai um degrau, e agora está na décima primeira posição, ainda com 34 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por Atlético-GO e São Paulo, que ainda entram em campo na rodada.

Na próxima rodada, a 29ª da competição, o Athletico receberá o Santos, no próximo sábado (30), às 17h. Já o Fortaleza também joga no sábado, mas às 21h, contra o América-MG, na Arena Independência.

Antes, porém, as equipes tem os compromissos decisivos pelas semifinais da Copa do Brasil. Na quarta-feira (27), às 21h30, o Furacão encara o Flamengo, no Maracanã. Uma vitória simples garante a equipe na final, já que o primeiro jogo terminou empatado. No mesmo dia e horário, mas na Arena Castelão, o Leão do Pici tem a difícil missão de reverter a goleada sofrida na partida de ida, contra o Atlético-MG, para seguir sonhando com o título.

FORTALEZA 3 X 0 ATHLETICO

O Fortaleza começou o jogo em ritmo insano, e com cinco minutos de jogo, já vencia por 2 a 0. No primeiro lance de partida, com 52 segundos, Lucas Lima pegou o rebote, após chute de Yago Pikachu na trave, e mandou uma bomba, sem chances para Bento. Aos cinco, Yago Pikachu recebeu passe e mandou um chute forte, de longe. A bola morreu no fundo das redes.

Apático, o Athletico parecia nocauteado em campo. O Furacão sentiu o baque, e demorou para entrar no jogo. A primeira chance foi apenas aos 21, quando Zé Ivaldo desviou de cabeça e parou em Marcelo Boeck.

Mas, foi só. A equipe não conseguiu mais assustar na primeira etapa, amplamente dominada pelo time casa, que teve outra boa chance para marcar, aos 36 minutos. Robson recebeu passe, dentro da área, girou sobre a marcação e finalizou. A bola subiu e foi para fora, com muito perigo.

O Fortaleza ainda perdeu Yago Pikachu no final do primeiro tempo. O meia deslocou o ombro após entrada de Christian, que levou cartão amarelo no lance, e precisou deixar o gramado, sendo substituído por Lucas Crispim. No entanto, mesmo sem seu principal jogador, ainda teve outra boa oportunidade para ampliar o placar. Aos 48, Robson chutou com força, mas Bento salvou o Athletico de um resultado ainda pior.

O Furacão iniciou a segunda etapa tentando modificar o panorama da partida. Logo no primeiro minuto, Christian pegou sobra de bola e arriscou chute. A bola passou perto da trave de Marcelo Boeck.

Parecia que a postura do Athletico seria outra… mas, só parecia. O Fortaleza voltou a pressionar, e na primeira chance efetiva que teve, matou o jogo. Aos 15, Lucas Lima fez cruzamento perfeito para Robson, que ganhou da marcação e cabeceou com força, estufando as redes de Bento.

Após o terceiro gol, a partida ficou arrastada. O Fortaleza passou apenas a controlar o jogo, esperando o apito final. O técnico Juan Vojvoda aproveitou para rodar o elenco e colocar outros jogadores em campo. Já o Athletico, praticamente não conseguiu assustar. O técnico Alberto Valentim também tentou dar gás novo a equipe, ao efetuar várias alterações, mas o panorama ficou inalterado, e o placar terminou mesmo em 3 a 0 para o time da casa.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série A
28ª rodada

Fortaleza: Marcelo Boeck; Titi, Marcelo Benevenuto e Bruno Melo (Daniel Guedes 2ºT/28″); Yago Pikachu (Lucas Crispim 1ºT/43″) (Edinho 2ªT/07″), Matheus Jussa, Ederson, Ronald e Lucas Lima; Robson (Wellington Paulista 2ºT/28″) e David (Depietri 2ºT/28″)
Técnico: Juan Vojvoda
Gols: Lucas Lima (1ºT/00″); Yago Pikachu (1ºT/05″); Robson (2ºT/15″)
Cartões amarelos: Robson (2ºT/27″); Ederson (1ºT/31″)

Athletico: Bento; Khelven, Zé Ivaldo, Lucas Fasson e Pedrinho (Kleiton 2ºT/44″); Fernando Canesin, Christian (Nicolás Hernández 2ºT/34″) e Jader (Márcio Azevedo 2ºT/26″); Carlos Eduardo (Jaderson 2ºT/34″), Pedro Rocha e Guilherme Bissolli (Vinícius Mingotti 2ºT/26″)
Técnico: Alberto Valentim
Cartões amarelos: Fernando Canesin (1ºT/31″); Christian (1ºT/38″)

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 23/10/2021
Horário:
 19h15
Árbitro: Denis Ribeiro da Silva Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilio Ferreira (AL).
Árbitro de vídeo: Vinicius Furlan (SP)