Esportes

Athletico comemora 19 anos da conquista do Campeonato Brasileiro

Gol de Alex Mineiro garantiu ao Furacão a sua primeira estrela dourada

Guilherme
Guilherme Almeida
Athletico comemora 19 anos da conquista do Campeonato Brasileiro
Há 19 anos, o Furacão conquistava o Brasil (Foto: Reprodução/Athletico)

23 de dezembro de 2020 - 17:27 - Atualizado em 23 de dezembro de 2020 - 17:28

O dia 23 de dezembro é muito especial para a torcida athleticana. Nesta data, há 19 anos, o Athletico vencia o São Caetano, no Anacleto Campanella, por 1 x 0 e conquistava o título do Campeonato Brasileiro de 2001.

O Athletico foi para o jogo decisivo com uma boa vantagem, por ter vencido o São Caetano na primeira partida da final, na Arena da Baixada, por 4 a 2. Para sair com o título, o CAP podia até perder por um gol de diferença.

Dono de um dos melhores ataques da competição, com 68 gols em 31 jogos, e liderado por jogadores como Alex Mineiro, Rogério Correa, Kleber Pereira e o pentacampeão do mundo, Kleberson, o Furacão não se acomodou com a vantagem do placar.

Após o primeiro tempo terminar em 0 x 0, o Athletico aproveitou o nervosismo do São Caetano para liquidar o jogo.

Aos 21 minutos do segundo tempo, Kleber Pereira dominou no meio de campo e abriu na esquerda para Fabiano. O lateral avançou e bateu cruzado. O goleiro Silvio Luiz rebateu para o meio da área e o artilheiro Alex Mineiro não desperdiçou. 1 a 0 para o Furacão.

Com 5 x 2 no placar agregado, o Athletico apenas aguardou o apito do árbitro, Carlos Eugênio Simon, para fazer a festa com os milhares de torcedores, espalhados por São Caetano do Sul e também em frente a Arena da Baixada.

O Furacão era campeão brasileiro de 2001 e o dia 23 de dezembro ficaria marcado na história do clube, assim como aquele, que certamente foi o mais rubro-negro de todos os natais.

Ficha técnica:

São Caetano 0 x 1 Athletico Paranaense 

Campeonato Brasileiro de 2001: Final – Segundo jogo

Data: 23/12/2001 [domingo]

Local: Estádio Anacleto Campanella [São Caetano do Sul]

Árbitro: Carlos Eugênio Simon  

São Caetano: Silvio Luiz; Mancine, Daniel, Dininho e Marcos Paulo (Müller); Simão, Serginho (Bechara), Adãozinho e Esquerdinha (Marlon); Anaílson e Magrão.Técnico: Jair Picerni 

Athletico Paranaense: Flávio; Alessandro, Gustavo, Nem, Rogério Corrêa (Igor) e Fabiano; Cocito (Pires), Kleberson e Adriano; Kléber (Souza) e Alex Mineiro.Técnico: Geninho.

Gol: Alex Mineiro, aos 21’ do 2º tempo

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.