Brasileirão Série A

Athletico aposta no fator casa para vencer outra e encostar no pelotão da frente

Furacão venceu na última quinta-feira (26) o Fortaleza, em Curitiba

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Athletico aposta no fator casa para vencer outra e encostar no pelotão da frente
Athletico recebe a Chapecoesnse, que luta para largar a lanterna da competição (FOTO: DIVULGAÇÃO/ ATHLETICO PARANAENSE)

29 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:34

O Athletico-PR reencontrará a torcida na Arena da Baixada neste domingo (29), às 19 horas, em Curitiba, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube rubro-negro apostará no fator casa para passar pela lanterna Chapecoense e chegar ainda mais perto do pelotão da frente. Em casa, aliás, o time do técnico Tiago Nunes registra 76,9% de todas as suas vitórias na temporada.

Retrospecto positivo

São 26 triunfos em 2019, sendo 20 como mandante. Pelo Brasileirão, o clube paranaense venceu sete vezes em casa das suas nove vitórias. A última vítima foi o Fortaleza, que na quinta-feira apanhou de 4 a 1. O resultado positivo colocou o Athletico mais próximo do G6, com 30 pontos.

“Temos que estar concentrados a cada partida. Agora, vem a Chape e será uma partida difícil, porque eles também precisam vencer”, disse o atacante Marco Rubén, que fez o gol de número 300 da Arena da Baixada e o seu 14.º com a camisa atleticana.

Se o argentino está confirmado, o meia Thonny Anderson será desfalque. Ele cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro Pedro Henrique, com lesão muscular, Robson Bambu, que passará por cirurgia no rosto, os laterais Adriano e Jonathan e o meia Bruno Nazário, no departamento médico, também serão ausências. No time titular, porém, Tiago Nunes não terá problemas.

“A conquista (da Copa do Brasil) não foi um fim, foi um meio. Os atletas carregam no peito um símbolo de campeão da Copa do Brasil e isso nos dá responsabilidade”, diz Tiago Nunes em tom de alerta.