Bastidores

Atacante do Talleres é mais um a desanimar Tricolor por conta de valores

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Atacante do Talleres é mais um a desanimar Tricolor por conta de valores

31 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 31 de dezembro de 2019 - 00:00

Nahuel Bustos é o novo nome para o ataque que vem sendo avaliado pela diretoria do São Paulo. Com apenas 21 anos, o atleta pertence ao Talleres, no entanto, sua chegada ao Morumbi não deverá se concretizar muito por conta dos valores pedidos para negociá-lo.

Com oito gols em 17 jogos pelo Talleres em 2019, Nahuel Bustos não estava no elenco que eliminou o São Paulo logo na fase preliminar da Copa Libertadores. Na ocasião, o atacante estava emprestado ao Pachuca, do México, onde não conseguiu desempenhar um bom futebol, recebendo poucas oportunidades.

Tido como um atacante móvel e que poderia oferecer mais possibilidades ao técnico Fernando Diniz por não se limitar apenas à grande área e ter um bom poder de finalização, Nahuel Bustos vem sendo valorizado pelo Talleres a ponto de o modesto clube argentino exigir mais de R$ 15 milhões para negociá-lo. O fato de ele ser constantemente convocado pela seleção argentina pré-olímpica contribui ainda mais para o seu passe seguir atingindo valores milionários.

Nahuel Bustos, de 21 anos, é visto com bons olhos pela diretoria do São Paulo (Foto: Divulgação)

Mas esse não é o primeiro atacante que gera interesse ao São Paulo e que força o clube a abrir mão do negócio. Durante o período em que Cuca passou pelo Tricolor, Juan Dinenno foi outro nome avaliado por Raí e companhia, mas as tratativas não avançaram novamente por conta do jogo duro feito pelo clube do atleta.

Em 2019, Juan Dinenno fez 27 gols em 55 partidas pelo Deportivo Cali. Emprestado pelo Racing, o jogador se consolidou como um dos pilares dos Azucareros, e o clube colombiano tratou de fechar as portas ao São Paulo, assim como o Racing, que pediu valores considerados acima da média por Raí e companhia. Diante da situação, a diretoria foi forçada a optar por Raniel, que em 2020 defenderá o Santos.

Depois de terminar o ano como um dos piores ataques da Série A, com apenas 39 gols, o São Paulo parece disposto a melhorar o setor ofensivo para evitar novas decepções. Com Pablo, Pato e outros atletas rendendo abaixo do esperado, além das lesões de Everton e Rojas, Fernando Diniz vê com bons olhos a chegada de um novo atleta para a posição, embora o orçamento seja curto por conta do momento financeiro que vive o Tricolor, além de rendimentos já comprometidos por conta dos investimentos em Daniel Alves, Juanfran e Pato.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.