Esportes

Árbitro relata diretores do Santos em campo: “VAR está tomando conta dessa m…”

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de agosto de 2020 - 22:11 - Atualizado em 30 de agosto de 2020 - 23:15

A arbitragem de Wilton Pereira Sampaio na derrota contra o Flamengo, sofrida na tarde deste domingo, revoltou os santistas. Na súmula da partida pelo Campeonato Brasileiro, o juiz relatou que três diretores do clube mandante invadiram o campo para protestar na Vila Belmiro.

No primeiro tempo, Raniel marcou após cruzamento de Pará e Marinho também converteu em cobrança de falta. Com auxílio do árbitro de vídeo André Luiz de Freitas Castro, porém, Wilton Pereira Sampaio, integrante do quadro da Fifa, anulou os dois gols do Santos por impedimento.

Na súmula, o juiz relatou que, após o final do primeiro tempo, a caminho de seu vestiário, a equipe de arbitragem foi surpreendida dentro do campo por pessoas que entraram pelo vestiário do Santos: o gerente de futebol Jorge Andrade e dois membros do Comitê de Gestão, Matheus Rodrigues e Pedro Doria.

De acordo com Wilton Pereira Sampaio, os santistas “se dirigiram em direção à equipe de arbitragem de maneira ostensiva gritando as seguintes palavras repetidas vezes: ‘Tiraram dois gols nossos, o VAR está tomando conta dessa merda. Eles querem mandar no jogo’”.

O juiz ainda informou que não conseguiu identificar com clareza os responsáveis por cada reclamação, já que todos gritavam ao mesmo tempo. Em suas entrevistas, o técnico Cuca e o centroavante Raniel reprovaram o trabalho da equipe lidera por Wilton Pereira Sampaio.

Com sete pontos ganhos, o Santos figura na 10ª colocação do Campeonato Brasileiro. Pela sétima rodada, às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, o time praiano entra em campo para enfrentar o Vasco, novamente no Estádio da Vila Belmiro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.