Bastidores

Apresentado como novo técnico do sub-20, Alex fala em preparar atletas para Crespo

Gazeta
Gazeta Esportiva

5 de abril de 2021 - 15:50 - Atualizado em 5 de abril de 2021 - 16:45

O ex-jogador Alex foi apresentado nesta segunda-feira como novo técnico do time sub-20 do São Paulo. O meia, que marcou época no rival Palmeiras, foi contratado para reforçar as categorias de base e teve como entusiasta ninguém mais, ninguém menos que Muricy Ramalho, coordenador técnico tricolor e que conhece o antigo camisa 10 de longa data.

Alex chega a Cotia com a missão de desenvolver jogadores que possam atender às demandas do time profissional comandado pelo argentino Hernán Crespo. O ex-jogador terá PC Oliveira, renomado técnico de futsal, como seu auxiliar. Sem dispor de muito dinheiro para investir em reforços, o São Paulo seguirá usando a base como uma barata solução para seus problemas.

“Minha ideia é desenvolver o jogador, ajudar o jogador. Não vou ensinar ninguém a jogar futebol, até porque, se o menino está no sub-20 do São Paulo, ele já passou por muita coisa e tem suas características bem definidas, contrato definido, planos definidos. O que posso fazer é atrapalhá-lo, tentar ajudar, acelerar o desenvolvimento dele e trocar ideias que o ajudem”, afirmou Alex.

Aos 43 anos, Alex inicia sua trajetória como treinador de futebol no São Paulo

Questionado se seu objetivo era também a conquista de títulos, o ex-meia foi categórico, fazendo questão de citar a falta de paciência dos gestores de clubes do Brasil com profissionais que por um motivo ou outro acabam não erguendo uma taça.

“Você fazer sucesso como treinador das categorias de base é discutível. Para muitos, é ganhar. Para outros, é formar atletas. Um trabalho bem desenvolvido, de repente, cai em uma semifinal e parece que nada adiantou. Meu trabalho é de desenvolvimento, tanto para os jogadores que serão treinados por mim quanto para mim mesmo”, prosseguiu.

Apesar de ser jovem, Alex demorou para, enfim, começar sua trajetória à beira do campo. Depois de se aposentar em 2014, o ex-meia exerceu a função de comentarista na TV fechada e aproveitou para se preparar para ser treinador, tirando licenças e conversando com figuras importantes do futebol.

“No ano passado tiraria um tempo para acompanhar treinamentos de alguns treinadores, mas a pandemia impediu que eu tivesse essa oportunidade. Joguei futebol durante muito tempo, fui capitão na maioria dos times em que joguei, isso me dava oportunidade de estar sempre em contato com a comissão técnica. Sempre fui uma pessoa muito curiosa. Quando eu paro, faço curso de gestão e percebo que não é para mim. No meio disso aparece o convite da ESPN, acabo indo. Para mim, foi interessante, pude ver o lado de vocês, como vocês se preparam para o jogo, como fazem a chamada para o jogo do fim de semana, como observam a semana de jogadores e treinadores. Fui buscar as licenças que são exigidas no Brasil, da CBF. Visitei clubes, treinadores, e agora parto pro campo, para praticar”, explicou.

Apresentado, Alex já inicia os trabalhos como novo técnico do time sub-20 nesta segunda-feira. Do Morumbi, o ex-jogador já foi para Cotia, onde morará ao menos nestes primeiros dias para conhecer melhor todo o funcionamento do complexo das categorias de base e estreitas laços com funcionários e jogadores.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.