Esportes

Após um ano, São Paulo “leva a melhor” com o Santos em troca entre Vitor Bueno e Raniel

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de janeiro de 2021 - 08:00 - Atualizado em 10 de janeiro de 2021 - 20:30

Há um ano, São Paulo e Santos acertaram a troca de Raniel por Vitor Bueno. E o Tricolor leva ligeira vantagem na negociação.

Um novo San-São será realizado neste domingo, no Morumbi, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Raniel é reserva em decorrência de trombose na perna. E Bueno é dúvida.

Desde 2019 no São Paulo, Vitor Bueno foi titular absoluto no início de trajetória de Fernando Diniz no clube. Formando o trio de ataque ao lado de Pablo e Antony, o meia-atacante performou o suficiente para convencer a diretoria a mantê-lo no elenco, já que estava emprestado pelo Santos, vindo da Ucrânia.

Ao fim de 2019, o São Paulo fechou um acordo com o Peixe em que repassava o centroavante Raniel, cedendo 50% dos direitos econômicos do atleta, e em contrapartida adquiria 50% dos direitos econômicos de Vitor Bueno. Cada jogador assinou por quatro temporadas com seu novo clube, mas, no ano seguinte, não renderam o esperado.

Com a saída de Antony, vendido ao Ajax, da Holanda, Vitor Bueno perdeu espaço na equipe titular, já que Fernando Diniz foi forçado a mudar o esquema de jogo do 4-3-3 para o 4-4-2. O ressurgimento de Brenner e a chegada de Luciano forçaram o camisa 12 tricolor a ir para o banco de reservas e embora tenha participado com certa frequência dos jogos, entrando no segundo tempo das partidas, perdeu protagonismo graças a atuações abaixo da média, que renderam fortes críticas da torcida.

Na última quarta-feira, contra o Red Bull Bragantino, Vitor Bueno teve a chance de recuperar espaço, voltando a ser titular, formando a dupla de ataque ao lado de Brenner, já que Pablo e Luciano foram desfalques por lesões. Mas, o que se viu dentro de campo foi uma atuação discreta, acompanhando a apatia do restante do time, que saiu goleado por 4 a 2.

Raniel, em contrapartida, só jogou 14 vezes, com dois gols marcados, e ainda não tem previsão de retorno. O atacante de 24 anos volta a sofrer com problemas físicos.

O técnico Cuca apostava em Raniel como titular, mas, na ausência do centroavante, apostou em Kaio Jorge e tem Bruno Marques e Marcos Leonardo como opções.