Cruzeiro

Após sete jogos no comando, Ney Franco é demitido do Cruzeiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de outubro de 2020 - 18:41 - Atualizado em 11 de outubro de 2020 - 19:30

Chegou ao fim neste domingo a curta trajetória de Ney Franco como técnico do Cruzeiro. Após empatar com o Oeste por 0 a 0, fora de casa, nesta tarde, pela 15ª rodada da Série B do Brasileirão, a diretoria decidiu dispensar o comandante de 54 anos.

“Infelizmente, mais um resultado que a gente não gostaria. Queríamos vir aqui e conquistar os três pontos, mas não deu certo. Infelizmente, após essa sequência, acabamos de bater um papo no vestiário, não é nem do nosso perfil ter essa conversa no vestiário, mas acho que o momento não tinha como agir de outra forma. Batemos um papo com o Ney Franco de forma muito amigável e resolvemos encerrar o ciclo dele”, disse o presidente Sérgio Santos.

Ney Franco assumiu a Raposa apenas um mês atrás, no dia 9 de setembro. Desde então, foram sete jogos, dos quais ele venceu dois, empatou um e perdeu quatro.

“Quero deixar meu agradecimento ao presidente Sérgio e toda diretoria de futebol. Aos jogadores, funcionários que estavam no dia a dia do departamento e todos os torcedores que nos apoiaram. Fico na torcida para que o Cruzeiro saia dessa situação e tenha muito sucesso sempre. Deixo também meu muito obrigado aos jogadores, que se empenharam e trabalharam muito, infelizmente os resultados não vieram”, falou o técnico.

Agora, o Cruzeiro corre contra o tempo para achar um substituto. O time está na vice-lanterna da Segunda Divisão, com apenas 12 pontos em 15 jogos.