Esportes

Após disputar Jogos, Medina perderá etapa do Mundial por não ter se vacinado contra covid

Gazeta
Gazeta Esportiva

5 de agosto de 2021 - 11:57 - Atualizado em 5 de agosto de 2021 - 12:15

Após ser quarto colocado nas Olimpíadas de Tóquio, Gabriel Medina volta a focar no Circuito Mundial de Surfe. Entre 10 e 19 de agosto, o brasileiro participará da etapa do México.

Contudo, o surfista não poderá disputar a última etapa da competição, em Teahupoo, no Taiti. Isso porque Medina ainda não se vacinou contra a covid-19, informou o próprio atleta, em live nas suas redes sociais.

Faltando uma semana para a abertura dos Jogos, o Comitê Olímpico do Brasil havia divulgado que 90% de sua delegação que foi ao Japão se vacinou ao pelo menos com a primeira dose do imunizante.

“Eu não vou para Teahupoo porque não tomei a vacina, aí teria que fazer dez dias de quarentena, não dá tempo de ir do México para lá, que é uma seguida da outra. Então, serei obrigado a não ir. Mas de boa, eu posso descartar uma etapa”, disse.

Até o momento, Medina lidera o ranking do Mundial, com 46.720 pontos, e possui boa vantagem sobre seu compatriota Ítalo Ferreira, campeão olímpico em Tóquio, que possui 33.555. Completando o top 3 está outro brasileiro: Filipe Toledo, com 32.065.

Os cinco surfistas com a melhor pontuação após o encerramento de todas as etapas participarão da final, que será na Califórnia (Estados Unidos).