Esportes

António Oliveira valoriza momento do Athletico mas prega cautela “O próximo jogo é o mais importante”

Treinador do Furacão enaltece o elenco após início positivo na Série A, mas prega humildade e pensamento jogo a jogo

Guilherme
Guilherme Almeida
António Oliveira valoriza momento do Athletico mas prega cautela “O próximo jogo é o mais importante”
Treinador é só sorrisos pelo momento vivido pelo Furacão (Foto: José Tramontin/Athletico)

21 de junho de 2021 - 15:19 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 15:19

O Athletico assumiu a liderança isolada da Série A, ao bater o Atlético-GO, de virada, por 2 a 1 no domingo (20), em partida disputada na Arena da Baixada, pela quinta rodada. No entanto, mesmo com as quatro vitórias seguidas, o técnico António Oliveira tratou de conter a empolgação.

Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador do Athletico comentou sobre a vitória, a estratégia utilizada na partida, além de valorizar o momento vivido pelo Furacão, mas tratou de pregar humildade para a sequência do campeonato.

Vacilos defensivos

Para António Oliveira, os principais lances criados pelo Atlético-GO vieram em erros do Athletico. No entanto, o treinador athleticano fez questão de enaltecer a qualidade do adversário.

“Foi a primeira derrota e os primeiros gols sofridos pelo adversário. Os lances criados por eles foram por erros nossos, quando tínhamos a posse de bola. Erros individuais que possibilitaram as chances. Foi uma vitória justa, contra um grande adversário, foi o jogo mais difícil que tivemos até agora”.

Estratégia de jogo

As jogadas dos gols saíram após dois cruzamentos, primeiro de Marcinho e depois de Abner Vinícius. Durante toda a partida, o Athletico fez uso do jogo aéreo, e acabou sendo premiado. António Oliveira se mostrou satisfeito com a execução do plano de jogo que havia sido elaborado.

“Jogo foi de acordo com o que idealizamos. Para cada jogo, determinamos o que achamos que é melhor para cada estratégia. Os gols fizeram parte do que foi nosso plano de jogo. Na minha opinião, soubemos controlar a partida.

União faz a força

O treinador do Athletico valorizou a união do grupo como a principal virtude nesta sequência positiva, que representa o melhor início de Série A da história do Furacão.

“O grande diferencial é a união do grupo. A equipe joga como treina, todos acreditam naquilo que é feito. Jogadores estão crescendo e evoluindo dentro de uma organização. Estamos satisfeitos por escrever mais uma página bonita na história deste clube. Mas sabemos que os grandes campeões são feitos de muito trabalho, mas sobretudo muita humildade. O caminho é longo, temos que encarar todas as batalhas de maneira certa”.

Pés no chão

Por fim, António Oliveira tratou de pregar humildade e pés no chão, e disse que o Athletico não é favorito para vencer o campeonato, mas sim, o próximo jogo.

“O Athletico é sempre candidato a ganhar o próximo jogo. Vamos trabalhar de forma responsável, sempre pensando no próximo adversário. Todas as vitórias trazem confiança”.

“É bom a torcida estar satisfeita, mas temos que saber que o caminho é longo. Pés no chão, a equipe está em constante crescimento. Temos que pensar jogo a jogo, de forma coerente e responsável. O próximo jogo é sempre o mais importante”.

A vitória contra o xará goiano levou o Athletico a liderança isolada da Série A, com doze pontos em quatro jogos. O Furacão, é bom lembrar, tem uma partida a menos que a maioria dos rivais, pois a partida da quarta rodada, contra o Flamengo, foi adiada e ainda não tem data para acontecer.

O próximo desfaio será na quinta-feira (24), às 21h30, contra o Bahia, no Estádio de Pituaçu, pela sexta rodada. O Athletico não terá o atacante Matheus Babi, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.