Esportes

António Oliveira é confirmado como o novo técnico do Athletico

Anúncio foi feito na manhã desta sábado (13), pelo diretor técnico Paulo Autuori, que também abordou sobre o planejamento de futebol do Athletico, para as temporadas 2021 e 2022

Guilherme
Guilherme Almeida
António Oliveira é confirmado como o novo técnico do Athletico
Português irá comandar o Furacão na temporada de 2021 (Foto: José Tramontin/Athletico)

13 de março de 2021 - 15:20 - Atualizado em 13 de março de 2021 - 15:28

Após semanas de mistério, enfim o Athletico tem novo técnico. Ele é um velho conhecido. Trata-se de António Oliveira, 38 anos, que era auxiliar-técnico de Paulo Autuori. O anúncio foi feito pelo ex-comandante do Furacão na manhã deste sábado (13), em entrevista coletiva virtual.

Na coletiva, Paulo Autuori, agora head coach do Athletico, abordou sobre vários outros assuntos, como o planejamento do clube para as temporadas 2021 e 2022, metodologia de trabalho, Lucho González, e claro, sobre António Oliveira, que agora terá a missão de comandar o Furacão nos desafios da temporada.

António Oliveira já havia comandado o Athletico nas duas últimas rodadas da Série A, contra Grêmio e Sport, e também na estreia no estadual, na derrota para o Cianorte.

Além dele, Paulo Autuori também confirmou que Bernardo Franco será o treinador do sub-20, enquanto Bruno Lazaroni, ficará com os aspirantes, na disputa do Campeonato Paranaense.

“Tanto o António quanto o Bernardo foram preparados para entender a metodologia de trabalho do clube. A estrutura foi montada. Fizemos um olhar interno. Sabíamos que o ano seria difícil. Mas não temos medo de arriscar”.

A escolha pelo português, aliás, foi o principal tema da coletiva. Sobre a questão, Paulo Autuori reiterou que a escolha não foi por acaso, e que está relacionada à metodologia de trabalho do Athletico.

“Não foi porque não encontramos alguém no mercado. Mas trazer alguém de fora, seria ir contra aquilo que foi construído ao longo destes anos. Estamos sendo coerentes com o que o clube fez anteriormente, olhando para o clube internamente”.

“Se fosse algo inédito dentro do Athletico, entenderia a surpresa. Ele (António) já vinha sendo preparado para assumir a função”.

Paulo Autuori também comentou sobre o início da pré-temporada. O Athletico iria se reapresentar na segunda-feira (15), no entanto, com a entrada da cidade de Curitiba na bandeira vermelha, devido a pandemia de covid-19, o Furacão foi proibido de treinar no CAT Caju.

“Vamos cumprir o cronograma. Não dá para lamentar. Precisamos ter soluções, mas estamos preparados para cumprir a lei. Dentro desta perspectiva, vamos assim que for possível, retornar as atividades e desenvolver o nosso treino. Depois do dia 09, voltaremos com as atividades”.

O head coach do Athletico também afirmou que o time principal não irá disputar nenhuma partida do estadual, e que a estreia deverá ser somente na Copa Sul-Americana.

Por fim, Paulo Autuori confirmou que o meia Lucho González irá se aposentar no Athletico, e que após isso, ocupará um lugar no corpo diretivo do clube.

Ele, que se recupera de lesão, teve o vínculo encerrado no dia 28 de fevereiro. O contrato será estendido por três meses, e em seguida, o argentino disputará sua última partida pelo Furacão, que, aliás, pagou o curso da CBF, a licença B, para que ele iniciasse os estudos para vir a se tornar técnico, futuramente.

“Contrato será estendido. O Lucho decidiu encerrar a carreira no Athletico. Nos enche de orgulho. Ele irá permanecer na estrutura técnica do clube. Mas iremos detalhar isso mais para frente, com calma. Ele é muito competitivo, e queremos formar atletas com DNA competitivo. Ele será muito importante para essa nossa metodologia”.

Sem jogos programados para os próximos dias, o Athletico aguarda a liberação dos órgãos públicos para voltar a treinar, bem como a confirmação da Federação Paranaense de Futebol (FPF) em relação a sequência do estadual. Por tabela, a próxima partida será contra o Operário, pela segunda rodada da competição.