Esportes

André Ribeiro, ex-piloto da Fórmula Indy, morre aos 55 anos

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de maio de 2021 - 13:16 - Atualizado em 23 de maio de 2021 - 13:45

O piloto André Ribeiro morreu, no sábado, por conta de um câncer de intestino, aos 55 anos. Nascido na capital paulista, ele se consagrou na Fórmula Indy.

Em 1994, André competiu na Indy Lights e se destacou. No ano seguinte, estreou no campeonato principal e ganhou a corrida de New England 200. Em 1996, conquistou as vitórias de Michigan 500 e Rio 400, em Jacarepaguá.

Após deixar as pistas em 1998, aos 31 anos, Ribeiro tornou-se empresário e se associou a Roger Penske, dono da Penske Racing. Além disso, abriu concessionárias no Brasil e também foi empresário de Bia Figueiredo, que competiu na Indy por seis anos.

Ela lamentou a morte do piloto. “Não teria Bia na Indy, ou a primeira brasileira em uma categoria top mundial, se não fosse por você”, escreveu.

O São Paulo também se manifestou nas redes sociais sobre o falecimento do piloto. “O São Paulo Futebol Clube lamenta profundamente a morte do piloto André Ribeiro, que sempre representou muito bem o nosso país no automobilismo. Nossa solidariedade aos familiares, amigos e admiradores desse grande são-paulino”, publicou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.