Esportes

Anderson Barros explica falas de Abel e confia na permanência do técnico no Palmeiras

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de junho de 2021 - 16:39 - Atualizado em 1 de junho de 2021 - 16:45

O diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros, falou nesta terça-feira sobre as declarações recentes do técnico Abel Ferreira. Para o dirigente, as discussões fazem parte do processo no clube e o treinador se sente incomodado às vezes com as “decisões intempestivas” que o futebol proporciona.

“O Abel busca intensamente a possibilidade e a condição de poder estar vencendo. A discussão com ele em todos os níveis acontece diariamente. O Abel nunca foi demitido. Nunca saiu ou foi convidado a interromper um trabalho, em Portugal (Braga) ou na Grécia (Paok). Incomoda às vezes a ele essas decisões intempestivas que o futebol oferece. Recentemente, o Abel nos solicitou a contratação de determinados atletas para posições específicas, mas não conseguimos atendê-lo. Normal, faz parte do processo”, disse em entrevista ao SporTV.

“O Palmeiras entendeu que deveria priorizar o equilíbrio financeiro, que não poderia ir além da sua capacidade neste momento. Isso tudo de uma forma muito clara com ele. E, às vezes, as colocações dele vão em cima disso. Mas isso tudo é muito claro entre nós internamente. Acho que o Abel percebe o que o Palmeiras pode oferecer a ele e temos a convicção do que o Abel nos oferece no dia a dia pela qualidade do trabalho que desenvolve”, completou.

Antes da partida contra o Flamengo no último domingo, Abel comentou sobre a pressão para obter resultados positivos no Brasil e afirmou que “está à espera de ser demitido”. Mais tarde, na coletiva após o jogo, declarou que é mal interpretado no país.

Barros também ressaltou que não acredita numa saída do treinador durante o ano e destacou que espera encerrar a temporada ainda com o português no comando do Palmeiras.

“Acredito muito que a gente termine o processo que iniciou. Acredito que com o Abel isto vá acontecer. Não tenho receio de que ele possa nos deixar no meio da temporada, temos muitos desafios ainda neste ano, são três competições muito complicadas, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores”, afirmou.

“E a gente, apesar de todas as dificuldades, tem consciência que o Palmeiras possui condições de competir em todas elas e, principalmente, vencer todas. Não pode ser diferente no Palmeiras e acredito que apesar de todas as discussões, todos os nossos problemas e entreveros, vamos ter condições de brigar por estas competições e acredito muito que o Abel esteja conosco em todo o processo”, finalizou o diretor.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.