Bastidores

Allianz avança em acordo com empresa que produz grama sintética

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Allianz avança em acordo com empresa que produz grama sintética

13 de novembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 13 de novembro de 2019 - 00:00

A possibilidade de instalar um gramado sintético no Allianz Parque vem ganhando corpo. Na noite da última segunda-feira, a administrara do estádio do Palmeiras avançou na negociação com uma empresa holandesa especializada em produzir o campo artificial.

A informação foi publicada pelo UOL. A empresa responsável por administrar o Allianz Parque está em contato com a Soccer Grass, representante da GreenFields no Brasil. Embora tenha havido evolução nas tratativas, o acordo ainda não está fechado.

“O Allianz Parque esclarece que houve avanço nas negociações, chegando a um acordo técnico e financeiro com a empresa Soccer Grass, representante no Brasil da GreenFields, marca holandesa que produz o mais avançado sistema de grama sintética do mundo. No entanto, ainda existem outras etapas do acordo a serem concluídas, que impedem neste momento um anúncio oficial”, diz nota oficial da empresa.

Recentemente, viajaram à Holanda para se aprofundar no assunto o diretor de futebol Alexandre Mattos, o coordenador de fisioterapia Jomar Ottoni e o vice-presidente Alexandre Zanotta, além de um representante da WTorre. Agora, clube e administradora estudam os detalhes finais da empreitada.

A ideia de instalar o gramado sintético no Allianz Parque agrada à WTorre, que poderia diminuir significativamente o período necessário para readequar a arena ao futebol após eventos de outra natureza. No entanto, a empresa entende que a decisão em torno do assunto cabe ao Palmeiras.

Atual segundo colocado do Campeonato Brasileiro, o time alviverde contabiliza 67 pontos, 10 a menos que o Flamengo. Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, pela 33ª rodada, o Palmeiras entra em campo para enfrentar o Bahia, na Fonte Nova.