Esportes

Alex Ferguson revela que teve medo de perder a memória

Gazeta
Gazeta Esportiva

18 de fevereiro de 2021 - 17:01 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 17:15

Em 2018, Alex Ferguson sofreu uma hemorragia cerebral. Em entrevista à BBC nesta quinta-feira, o lendário ex-treinador do Manchester United revelou o que mais temeu após o ocorrido.

“Perder a memória foi o meu maior medo depois de ter sofrido a hemorragia em 2018”, afirmou.

Essa declaração acontece mais de três meses antes do lançamento de um documentário sobre a vida de Ferguson dentro e fora dos gramados. “Sir Alex Ferguson: Nunca desista” estreará no dia 27 de maio e foi dirigido pelo filho do ex-treinador, Jason.

“Ao fazer este filme, tive a oportunidade de revisitar os momentos mais importantes da minha vida, bons e maus. Ter o meu filho Jason a dirigir o filme assegurou que foi honesto e intimo”, continuou.

Alex Ferguson comandou o Manchester United em 1.281 partidas, entre 1986 e 2013. Conquistou 13 títulos do Campeonato Inglês e dois da Liga dos Campeões.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.