Esportes

Alemanha espera apoio da torcida brasileira na final da Copa

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

11 de julho de 2014 - 00:00 - Atualizado em 11 de julho de 2014 - 00:00

Depois do massacre sobre a seleção brasileira, na última terça-feira (8), vários jogadores da Alemanha pediram desculpas à torcida do Brasil e a Federação Alemã de Futebol até colocou em sua página no Twitter uma mensagem em português de apoio aos anfitriões da Copa do Mundo. Os alemães acreditam que deviam isso aos brasileiros pela maneira cordial com que foram recebidos aqui. Agora eles esperam que a torcida da casa esqueça a decepção sofrida na semifinal e torça pela equipe da Alemanha na decisão do título.

É claro que os alemães sabem que a rivalidade entre Brasil e Argentina é enorme e que isso já bastaria para que os torcedores da casa os apoiassem. Mas eles estão convencidos de que há outros motivos para os brasileiros torcerem para a Alemanha no Maracanã. “Nós realmente estamos esperando receber o apoio dos torcedores brasileiros na decisão do título”, disse Hansi Flick, auxiliar técnico da equipe alemã. “Sabemos que os brasileiros ficaram muito tristes por terem sido eliminados, mas eles foram os primeiros a nos congratular pela classificação para a final. O povo do Brasil tem sido muito amável conosco e tentaremos ganhar o título como uma maneira de retribuir a acolhida que nos deram.”

Flick, assim como os demais membros da comissão técnica da Alemanha e os jogadores, não parece dizer essas coisas apenas para agradar aos brasileiros. A seleção alemã realmente se sente muito bem em Santa Cruz Cabrália, cidade do sul da Bahia que escolheu para ser sua “casa” na Copa do Mundo, e tem tratado os moradores com enorme simpatia. Tanto que o povo de Cabrália ficou dividido na última terça-feira e muita gente comemorou a vitória da Alemanha, por mais incrível que isso possa parecer.

Quando a delegação voltou à cidade após golear o Brasil, já na madrugada de quarta-feira, encontrou dezenas de pessoas que não se importaram em tomar chuva para fazer uma recepção festiva aos finalistas do Mundial. O que a seleção europeia espera agora é que o resto do País se contagie por esse espírito do povo de Cabrália e vire alemão por um dia.