Esportes

Aguirre reencontra São Paulo, clube pelo qual brigou pelo título brasileiro em 2018

Gazeta
Gazeta Esportiva

7 de julho de 2021 - 07:00 - Atualizado em 7 de julho de 2021 - 07:15

Diego Aguirre reencontrará o São Paulo nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Agora no Internacional, o treinador enfrentará o clube pelo qual brigou pelo título nacional na temporada 2018, quando chegou a liderar a competição, mas perdeu fôlego na reta final.

Aguirre chegou ao Morumbi para substituir Dorival Júnior, que salvou o São Paulo do rebaixamento em 2017, mas não conseguiu se sustentar por resultados ruins no Paulistão do ano seguinte. Na época, o treinado uruguaio não era o preferido da torcida para assumir o time, mas financeiramente era a opção mais viável.

Comandando um time que contava com nomes como Diego Souza, Nenê e Everton, Diego Aguirre conseguiu conduzir o São Paulo até a liderança do Campeonato Brasileiro de 2018, sendo campeão simbólico do primeiro turno, mas na reta final da competição perdeu força e acabou terminando a competição em quinto lugar, garantindo apenas vaga para a Pré-Libertadores.

As lesões de peças importantes do elenco foram fundamentais para o São Paulo perder o fôlego na segunda metade do Brasileirão. Rojas, titular absoluto daquele time, rompeu o ligamento do tendão patelar do joelho direito e teve de passar por cirurgia. Everton, que também era figurinha carimbada entre os 11 iniciais, foi outro atleta que teve de lidar com uma série de problemas físicos ao longo daquela temporada.

De volta ao futebol brasileiro após passagem pelo futebol do Catar, onde comandou o Al-Rayyan, Diego Aguire tenta emplacar um novo trabalho de sucesso no país. Com um bom elenco à disposição, o treinador uruguaio tem a missão de corresponder às altas expectativas, uma vez que o Internacional é considerado um dos postulantes ao título nacional.

Mas, pelo menos por enquanto, o Colorado não conseguiu mostrar a que veio. O time figura na 14ª colocação do Brasileirão, com duas vitórias, três empates e quatro derrotas, e ainda sofre para se desvencilhar dos problemas mostrados quando o elenco ainda era comandado por Miguel Ángel Ramírez. Aguirre terá muito trabalho pela frente, mas vencer o São Paulo, seu antigo clube, seria um ótimo começo de retomada.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.