Esportes

A duas semanas de decisão, Santos ainda não tem resposta da Conmebol

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de março de 2021 - 05:00 - Atualizado em 30 de março de 2021 - 05:15

A duas semanas da decisão pela Libertadores da América, o Santos ainda não teve uma resposta da Conmebol sobre o mando de campo para enfrentar o San Lorenzo (ARG), no dia 13 de abril.

Em contatos prévios com a confederação, o Peixe ouviu sobre a chance de receber os argentinos no Brasil, mas a possibilidade de ser na Vila Belmiro ou mesmo em São Paulo é remotíssima.

O governo de SP estendeu a fase emergencial no combate ao covid-19 até 11 de abril. Dessa forma, o Alvinegro busca opções com a Conmebol em outros estados para evitar a partida no Paraguai. Por protocolo, a confederação precisaria definir o mando 15 dias antes, porém, isso não ocorreu até agora.

Uma das alternativas do Santos é a Ressacada, estádio do Avaí em Florianópolis (SC). O Peixe já conversou com Marco Aurélio Cunha, executivo de futebol do Leão da Ilha, mas não houve avanço até o momento.

O duelo de ida contra o San Lorenzo está marcado para o dia 6 de abril, no El Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, na Argentina. Se passar, o Santos estará na fase de grupos da Libertadores.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.