Esportes

À beira do 200º jogo pelo Palmeiras, Willian celebra história no clube: “Me doei ao máximo”

Gazeta
Gazeta Esportiva

7 de dezembro de 2020 - 17:44 - Atualizado em 7 de dezembro de 2020 - 18:15

Segundo maior artilheiro do Palmeiras no século, Willian está prestes a completar marca importante no Alviverde. O atacante tem 199 jogos pelo clube e pode fazer o seu 200º nesta terça-feira, contra o Libertad-PAR pela ida das quartas de final da Libertadores.

”Acredito que o sonho de qualquer jogador é conseguir escrever o seu nome na história de um grande clube. De preferência, com títulos e marcas importantes. Graças a Deus, estou podendo viver isso tudo aqui no Palmeiras. Para mim, isso é motivo de muito orgulho e felicidade”, comentou.

Willian chegou ao Verdão em 2017 e já marcou 54 gols, deu 20 assistências e faturou o título brasileiro de 2018 e o paulista de 2020. A marca é a segunda mais artilheira do século ao lado de Vagner Love, ficando atrás apenas de Dudu.

“É uma honra atingir 200 jogos com essa camisa. Durante esses quatro anos de casa, sempre fui muito bem tratado por todos, sem exceção, e sempre me doei ao máximo para representar as tradições do Palmeiras da melhor forma possível. Espero seguir aumentado meus números de jogos e continuar ajudando o clube a conquistar mais títulos”, seguiu.

Na temporada, são 16 tentos, a maior marca superando Luiz Adriano com 15. Pela Libertadores, são quatro gols em sete jogos, ajudando a manter a invencibilidade do Palmeiras na competição e o melhor ataque, com 25 bolas na redes.

Desafio no Paraguai

Nesta terça-feira, o time encara o Libertad, às 21h30 (Brasília) no Defensores del Chaco, pela ida das quartas de final da competição sul-americano. A volta acontece na terça-feira seguinte (15), no Allianz Parque.

”Nosso objetivo é conseguir trazer uma boa vantagem para o duelo no Allianz Parque. O time vem fazendo bons jogos e precisamos manter isso. Sabemos que, em mata-mata, não pode ter bobeira e na Libertadores ainda tem o gol fora de casa, que é bem importante. Como sempre, precisamos entrar focados. O Libertad é uma equipe grande, super tradicional, e tem bons jogadores, mas estamos confiantes de que conseguiremos realizar uma boa partida”, analisou Willian.