Esportes

20 anos de Laureus: Prêmio celebra aniversário e lembra primeiro patrono Mandela

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 25 de maio de 2020 - 00:00

Nesta segunda feira, dia 25 de maio, o Prêmio Laureus, honraria esportiva mais importante do mundo, completa 20 anos de existência. O líder sul-africano Nelson Mandela, primeiro patrono da história da cerimônia, foi lembrado e homenageado por lendas do esporte em comemoração à data.

“Estar naquela multidão quando Nelson Mandela discursava, foi realmente uma grande experiência. As palavras que ele disse sobre o esporte, não importa qual seja a sua cor, você ainda pode ser o melhor. O que mais me impressionou no Sr. Mandela foi que ele sabia tudo sobre mim, e eu pensando, não, eu sei tudo sobre você! Acabamos tendo uma conversa incrível sobre coisas que queríamos fazer no mundo, e aquilo foi um ponto real de mudança na minha vida”, afirmou a tenista Serena Williams, cinco vezes vencedora do prêmio e que conheceu Mandela em 2000.

Há duas décadas, Prêmio Laureus é entregue aos principais esportistas do ano

Outra lenda do tênis, Novak Djokovic já recebeu o Laureus em quatro oportunidades e celebrou o discurso. “Nelson Mandela é uma daquelas pessoas que sempre trouxe a luz. Sua força para sair e lutar pelo que é certo é algo motivador e, obviamente, inspira a mim e a todas as pessoas neste planeta”, disse.

Sean Fitzpatrick, ex-jogador de rugby neozelandês e atualmente presidente da Laureus World Sports Academy, lembrou a ocasião. “Eu me lembro muito bem da noite de 25 de maio de 2000. As palavras de Mandela naquela noite transcenderam o esporte. No final de seu discurso, ele anunciou a formação da Laureus World Sports Academy e nos desafiou a usar nossa plataforma e tudo o que aprendemos por meio do esporte para causar um impacto positivo sobre os jovens em todo o mundo. Ao iniciarmos nossa terceira década, o papel que o esporte pode desempenhar na sociedade é mais poderoso do que nunca”, ressaltou.

Em meio à pandemia do coronavírus, a fundação destaca o apoio aos projetos que usam o esporte para mudar as vidas de pessoas em todo o mundo. Segundo a Laureus, cerca de 6 milhões de crianças e jovens foram atingidos pelos mais de 200 programas em mais de 40 países desde 2000, sendo investidos em torno de 150 milhões de euros (aproximadamente R$ 891 milhões).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.