Botafogo

​​​​​​​PV não vê título mais distante e diz que Botafogo pode mudar o quadro

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de maio de 2021 - 14:23 - Atualizado em 16 de maio de 2021 - 14:45

O Botafogo viu o Vasco abrir vantagem na final da Taça Rio. O rival venceu o jogo de ida, neste domingo, no Estádio Nilton Santos, por 1 a 0. Desta maneira, o Fogão vai precisar vencer por dois gols de diferença para ser campeão ou por um para levar a decisão para os pênaltis.

O resultado não abala a confiança do time. PV vê o Botafogo com condições, mas faz alerta.

“Não está mais distante. Perdemos pelo placar mínimo, que dá para reverter. Temos de melhorar na segunda partida para sair campeão da Taça Rio”, declarou PV.

Após três partidas seguidas sem ser vazado, o Botafogo voltou a levar um gol. Sousa se enrolou com a bola, o Vasco pressionou, recuperou a posse e viu Cano fazer o gol da vitória.

“Faltou atenção à nossa defesa, mas terminamos com a melhor defesa do campeonato, isso é importante”, analisou PV.

O Botafogo ficou na bronca com a arbitragem. No segundo tempo, Galarza acertou Ronald dentro da área. O juiz Rafael Martins de Sá não apontou a penalidade. A Taça Rio não tem VAR.

No sábado, às 15h05 (de Brasília), o Botafogo visita o Vasco, em São Januário, no segundo jogo da decisão. A Taça Rio tem uma premiação de R$ 1 milhão.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.