Publieditoriais

Transplante capilar: o que é, como é feito e resultados

Entenda como é feito o Transplante Capilar

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Transplante capilar: o que é, como é feito e resultados

4 de julho de 2022 - 14:45 - Atualizado em 8 de julho de 2022 - 12:46

Há tempos cuidar da aparência deixou de ser uma exclusividade do sexo feminino e cada vez mais os homens estão atentos a novos tratamentos. Você já deve lido ou visto muitos artistas aderindo ao método, mas o que é de fato o Transplante Capilar?

Seja para corrigir falhas, cobrir entradas, restaurar a área afetada pela calvície ou melhorar a autoestima, o transplante capilar é um procedimento realizado por um médico especializado que consiste em redistribuir os folículos capilares que não têm predisposição para a calvície da área doadora para a região receptora, que está calva. Esses fios são retirados de uma área doadora do próprio paciente, que pode ser da região posterior ou lateral do couro cabeludo, onde não há predisposição para calvície, relação com a genética da alopecia e ação do hormônio DhT, derivado da Testosterona, responsável pela evolução da queda capilar. 

Dessa forma, os folículos retirados e transplantados voltarão a crescer normalmente, sem mais sofrer a ação da queda capilar, com resultados naturais e duradouros.

O método mais utilizado atualmente é o FUE, baseado na Extração da Unidade Folicular. Nesta técnica, o cirurgião extrai cada unidade folicular uma a uma por meio de um instrumento cirúrgico chamado micro punch, que varia de 0,7mm a 1,0m de diâmetro. Como a técnica trabalha fio a fio, não é realizado um corte linear. Após a contagem e separação, os folículos a serem enxertados são inseridos através de micro lâminas por pequenas incisões, onde se localiza a área afetada. Depois de serem transplantados na nova área, os fios passam por um processo de queda, porém com a permanência da raiz. Desta forma, os novos fios, agora transplantados, deverão surgir após o terceiro mês de cirurgia.

O procedimento demora em média 8 horas, a depender da extensão da área a ser contemplada, é feito sob anestesia local e sedação, sem dor. A área doadora se recupera de forma rápida, e por volta de 2 a 3 dias todas as incisões já terão cicatrizado.

Importante ressaltar a importância desse tipo de procedimento ser realizado por um profissional especializado e experiente, pois é imprescindível um bom planejamento da área a receber o implante, além de uma assertiva análise da região doadora, para que o resultado final desejado seja alcançado.

O transplante capilar pode ser feito em qualquer pessoa, inclusive mulheres, e não é mais exclusividade da região da cabeça, uma vez que o procedimento também é utilizado para preenchimento e reconstrução de barba, bigode, sobrancelhas, cílios e também sobre cicatrizes. 

Após o procedimento o paciente é liberado e retorna no dia seguinte à clínica para a primeira lavagem do local. Em seguida já pode retornar às suas atividades normais, exceção para atividades físicas que devem ser evitadas nos primeiros 10 dias, bem como a exposição solar.

O resultado final do procedimento aparecerá efetivamente de 8 a 12 meses após a cirurgia, com uma aparência natural e permanente.