Entretenimento

Veja tudo o que se sabe até o momento sobre o tiro acidental de Alec Baldwin que matou diretora em set

Dias antes de morrer, a diretora de fotografia Hutchins postou um vídeo em suas redes sociais onde ela mostrava as belezas da região onde estava sendo gravado o filme longa Rust

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do Portal R7
Veja tudo o que se sabe até o momento sobre o tiro acidental de Alec Baldwin que matou diretora em set
(FOTO: Reprodução)

22 de outubro de 2021 - 11:42 - Atualizado em 22 de outubro de 2021 - 11:43

O ator americano Alec Baldwin, de 63 anos, que matou acidentalmente a diretora de fotografia de 42 anos, Halyna Hutchins, com uma arma cenográfica nesta quinta-feira (21) durante as gravações do filme ‘Rust’, no estado americano do Novo México, teria sido visto segundo informações apuradas pelo Portal R7, transtornado chorando enquanto falava ao celular ao lado de fora da sede do xerife.

Segundo comunicado oficial do condado de Santa Fé, o ator principal do novo filme, Alec Baldwin, disparou acidentalmente com uma arma cenográfica atingindo além de Hutchins, deixou Joel Souza, de 48 anos, diretor do filme, também ferido

“O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de ‘Rust’ foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin”,

informou o departamento de polícia.

A diretora de fotografia Halyna Hutchins, chegou a ser socorrida de helicóptero após ser baleada no abdômen, porém, não resistiu. Ainda de acordo com o gabinete, ninguém foi preso no local do acidente e também nenhuma acusação foi apresentada na até o momento. Os detetives seguem em buscas para entender este acidente e estão ouvindo as testemunhas, e a investigação segue como  “aberta e ativa”.

Já em relação ao diretor do filme, Joel Souza, que também foi atingido pelos tiros, o Frances Fisher, que é uma das estrelas do filme, publicou em seu Twitter que Joel já recebeu alta hospitalar.

De acordo com o site de notícias Deadline, Baldwin foi ao escritório do xerife de boa vontade, onde foi interrogado por investigadores e liberado pouco depois. 

A empresa International Cinematographers Guild, onde Hutchins foi membra, se manifestou sobre essa tragédia que vitimou a diretora, onde lamentaram a morte de Hutchins e que estão trabalhando para saber mais sobre as investigação desse trágico acontecimento

“Recebemos, nesta noite, a notícia devastadora de que um de nossos membros, Halyna Hutchins, diretora de fotografia de uma produção chamada Rust, no Novo México, morreu em decorrência de ferimentos sofridos no set. Os detalhes não estão claros no momento, mas estamos trabalhando para saber mais e apoiamos uma investigação completa sobre o trágico evento. Esta é uma perda terrível, e lamentamos o falecimento de um membro da nossa família”,

disseram o presidente e a diretora-executiva da International Cinematographers Guild, John Lindley e Rebecca Rhine, respectivamente.

Dias antes de morrer, a diretora de fotografia Hutchins postou um vídeo em suas redes sociais onde ela mostrava as belezas da região onde estava sendo gravado o filme longa Rust.

Confira o vídeo:   

A produtora responsável pelo  filme Rust, Movie Productions LLC, também se manifestou sobre o acidente, onde informou que a produção do filme foi interrompido por tem indeterminado.

 “Todo o elenco e equipe foram absolutamente devastados pela tragédia de hoje, e enviamos nossas mais profundas condolências à família e entes queridos de Halyna”,

“Paramos a produção do filme por tempo indeterminado e estamos cooperando totalmente com a investigação da polícia de Santa Fé. Vamos fornecer serviços de aconselhamento a todos os ligados ao filme enquanto trabalhamos para processar esse terrível evento”

disse a empresa.