Entretenimento

Sucesso não quer dizer nada sem mudança, diz Hamilton

Reuters
Reuters
Sucesso não quer dizer nada sem mudança, diz Hamilton
Lewis Hamilton comemora vitória no Grande Prêmio da Turquia de Fórmula 1

17 de novembro de 2020 - 10:09 - Atualizado em 17 de novembro de 2020 - 10:11

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) – Lewis Hamilton disse que se tornar o piloto de Fórmula 1 mais bem-sucedido da história não significa nada se ele não puder ajudar a combater o racismo e abrir caminho para mudanças.

O piloto da Mercedes conquistou seu sétimo título mundial na Turquia no domingo, igualando um recorde antes pertencente a Michael Schumacher, lenda da Ferrari.

Agora o britânico de 35 anos tem mais vitórias, mais pole positions e mais pódios do que o alemão aposentado, e planeja ampliar estes recordes.

“Competir e vencer campeonatos é ótimo, mas o que significa realmente? Não significa nada, a menos que você possa ajudar a pressionar por mudanças”, disse ele ao jornal Guardian em uma entrevista publicada nesta terça-feira. “Não posso continuar quieto neste momento.”

A entrevista foi concedida a Michael Eboda, executivo-chefe da Powerful Media, cuja Powerlist anual escolheu Hamilton nesta terça-feira como a pessoa negra mais influente do Reino Unido.

Ele foi o único esportista dos 10 mais – que incluíram o rapper e filantropo Stormzy no número três e o editor-chefe da Vogue britânica, Edward Enninful, na quinta posição – e o primeiro a liderar a lista.

Hamilton capitalizou sua notoriedade mais do que nunca neste ano para se pronunciar sobre assuntos que vão da injustiça racial à diversidade e o meio ambiente.

Ele ainda criou uma comissão de especialistas para ajudar a aumentar a representatividade dos negros no automobilismo britânico, e com frequência se ajoelha e divulga o movimento Black Lives Matter nas corridas.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAG0WS-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.