Séries & TV

Marilyn Manson é acusado de estupro por Esmé Bianco, atriz de Game of Thrones

Processo também inclui o antigo agente do músico, Tony Ciulla

Thiago
Thiago Barros / Editor-Chefe TOMMO
Marilyn Manson é acusado de estupro por Esmé Bianco, atriz de Game of Thrones
Divulgação

30 de abril de 2021 - 15:33 - Atualizado em 30 de abril de 2021 - 15:33

Esmé Bianco, atriz conhecida por seu papel como Ros em Game of Thrones, está processando Marilyn Manson por assédio sexual e agressão. Em um processo arquivado hoje (30) na Corte da Califórnia, Bianco cita também o antigo agente do músico, Tony Ciulla, em alegações que incluem tráfico humano [via IW]. 

De acordo com a atriz, Ciulla e Brian Warner (Marilyn Manson), agiram de forma ilegal ao trazer a atriz de Londres para Los Angeles, com a justificativa de que ela participaria de um clipe que nunca chegou a ser feito. Segundo Bianco, o caso se deu em 2011 e inclui uma acusação de estupro.

A atriz também diz que Manson usou drogas, força e ameaças de violência para forçar atos sexuais, e que o acusado também assediou Bianco sexualmente quando ela estava inconsciente ou não poderia consentir. Outras alegações incluem agressão por tapas, mordidas, cortes e chicoteadas.

“Apesar das diversas mulheres corajosas que se pronunciaram contra Marilyn Manson, inúmeras sobreviventes permanecem silenciadas, e algumas vozes nunca serão ouvidas. Minha esperança é que ao falar alto eu possa ajudar a impedir que Brian Warner destrua mais vidas e empodere outras vítimas a buscar sua própria justiça”. Declara Bianco sobre seu processo judicial.

Em fevereiro, Manson foi acusado de abuso por sua ex-namorada, Evan Rachel Wood, com quem manteve um relacionamento entre 2007 e 2010. Em 2019, Wood deu seu depoimento sobre violência doméstica em um tribunal da Califórnia, ajudando a passar uma lei que alterou a prescrição deste tipo de crime de 3 para 5 anos. Na ocasião, a atriz falou sobre sua experiência com abuso relatando casos de violência e assédio físico e moral. 

Em 2018, Manson foi acusado de assédio e racismo pela atriz Charlyne Yi, conhecida pelo papel da Dra. Chi Park na série House.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.