Entretenimento

Príncipe Charles alerta que exploração humana da natureza é “insanidade”

Reuters
Reuters
Príncipe Charles alerta que exploração humana da natureza é “insanidade”
Príncipe Charles visita museu no Reino Unido

29 de dezembro de 2020 - 12:39 - Atualizado em 29 de dezembro de 2020 - 12:43

Por Megan Rowling

(Thomson Reuters Foundation) – Os humanos devem se lembrar de que são parte da natureza e parar de explorá-la para evitar uma catástrofe ambiental e climática, disse o príncipe Charles, herdeiro do trono britânico.

Entrevistado pela romancista canadense Margaret Atwood na rádio BBC, ele fez um apelo à sociedade para que se inspire em como as comunidades indígenas tratam a natureza com respeito e buscam preservá-lo para as gerações futuras.

“É hora de prestarmos mais atenção … à sabedoria das comunidades indígenas em todo o mundo”, declarou Charles.

“Podemos aprender muito com elas sobre como podemos restabelecer o equilíbrio e começar a redescobrir o sentido do sagrado, porque … a Mãe Natureza nos sustenta.”

Os seres humanos são “um microcosmo do macrocosmo” quando se trata da natureza, acrescentou.

“Mas esquecemos isso, ou de alguma forma sofremos uma lavagem cerebral para pensar que não temos nada a ver com a natureza e que a natureza pode simplesmente ser explorada, mas se continuarmos explorando do jeito que estamos, o que quer que façamos com a natureza, fazemos a nós mesmos. É uma insanidade”, disse Charles.

Durante a entrevista, o príncipe – um ambientalista de longa data – destacou os problemas causados pelo uso excessivo de produtos químicos na agricultura e a contaminação dos oceanos com microplásticos.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGBS0TA-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.