Entretenimento

Polícia prende suspeito de roubo de pinturas de Van Gogh e Frans Hals

Reuters
Reuters
Polícia prende suspeito de roubo de pinturas de Van Gogh e Frans Hals
Museu Singer Laren, na Holanda

6 de abril de 2021 - 14:56 - Atualizado em 6 de abril de 2021 - 15:00

HAIA (Reuters) – A polícia holandesa prendeu um suspeito de participar de dois roubos separados de pinturas dos mestres holandeses Vincent Van Gogh e Frans Hals de museus que foram fechados devido à pandemia de Covid-19.

“Essa manhã meus colegas prenderam um homem de 58 anos em Baarn e suspeitamos que ele roubou duas pinturas de Frans Hals e Van Gogh”, disse a porta-voz da polícia, Maren Wonder, em vídeo divulgado no Twitter. Não foram fornecidos mais detalhes sobre o suspeito.

Ela acrescentou que as pinturas não foram recuperadas e pediu ao público que fornecesse qualquer informação sobre o paradeiro das obras.

Em março do ano passado, ladrões roubaram o quadro de Van Gogh “Lentetuin”, ou “O Jardim Paroquial de Nuenen”, de 1884, que retrata o jardim da residência paroquial em Nuenen, do Museu Singer Laren, na cidade de Laren, perto de Amsterdã.

Cinco meses depois, ladrões invadiram um pequeno museu perto da cidade de Utrecht e fugiram com uma pintura do mestre holandês da “Golden Age”, Frans Hals.

A obra, “Dois Jovens Rindo”, datada de 1626, foi avaliada em 15 milhões de euros por um especialista. Antes, o quadro já havia sido roubado duas vezes em seus quatro séculos de história, inclusive em maio de 2011, do mesmo museu. A polícia o recuperou mais tarde naquele ano, depois de prender quatro homens que tentaram vendê-lo.

(Por Stephanie van den Berg)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH35196-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.