Cultura

Os encantos da rota dos vinhos da Serra Catarinense. Você já conhece?

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Os encantos da rota dos vinhos da Serra Catarinense. Você já conhece?
Os encantos da rota dos vinhos da Serra Catarinense. Você já conhece?

16 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2019 - 00:00

Os encantos da rota dos vinhos da Serra Catarinense. Você já conhece?

As maravilhas de Santa Catarina vão muito além das belíssimas praias e das paisagens idílicas do interior; confira!

As maravilhas de Santa Catarina vão muito além das belíssimas praias e das paisagens idílicas do interior. Após anos de dedicação nos vinhedos e investimentos em pesquisas e mão de obra qualifi cada, o estado conquistou um lugar de destaque na produção de vinhos brasileiros de qualidade. A localização estratégica e o clima frio da Serra Catarinense formam o terroir perfeito para que as uvas amadureçam de forma lenta e completa.

Em meio às belezas da região, como a Serra do Rio do Rastro, variedades de uvas diversas crescem espalhadas por dezenas de vinhedos situados entre 900 e 1.400 m acima do nível do mar, garantindo um alto padrão de produção com características próprias dos terrenos de altitude.

Muitas vinícolas acreditaram no potencial do turismo e investiram pesado em estrutura para atender apreciadores. Propriedades exuberantes, com tecnologia de ponta, alta gastronomia e hotelaria de charme fazem da Rota dos Vinhos de Altitude uma viagem inesquecível.

Leia mais:

Temos o guia completo para você desfrutar o vinho natural!

Dezenove vinícolas integram o circuito, dividido em duas regiões produtoras: o Vale do Contestado e a Serra Catarinense. Na primeira, em Água Doce, a Villaggio Grando é uma visita imperdível. O lugar é fabuloso.

Na Serra Catarinense, arredores de São Joaquim, algumas vinícolas ficam próximas umas das outras, o que facilita visitar mais de uma propriedade no mesmo dia. A Villa Francioni, uma das mais tradicionais e mais visitadas da região, oferece hospedagem, um bistrô e até uma galeria de arte.

Outra dica é a Leoni di Venezia, onde os destaques são as variedades italianas, como as tintas Sangiovese, Montepulciano e Primitivo e a branca Garganega. Além de contar com um restaurante que serve o clássico entrevero serrano, ela oferece hospedagem: quatro aconchegantes suítes com uma bela vista para o campo. Também vale conhecer as vinícolas próximas Monte Agudo e a Villaggio Bassetti.

Imperdível, ainda, é a nova Thera, em Bom Retiro. Ela é a “caçula” da região, mas o cultivo de uvas ali é antigo. Por enquanto, há um espaço para degustações, restaurante, bar e sala de aula para cursos de degustação e uma pousada boutique, com sete suítes.

Todas as vinícolas sugeridas oferecem visitas guiadas com degustação. Durante a vindima, em março, há programação especial e a procura é muito maior, assim, a sugestão é de sempre efetuar previamente a reserva.

Adega do mês: três vinhos de altitude da serra catarinense

Villaggio Bassetti Donna Enny Sauvignon Blanc R$ 133
Thera Rosé R$ 97,90
VF Villa Francioni R$ 129,90

O post Os encantos da rota dos vinhos da Serra Catarinense. Você já conhece? apareceu primeiro em TOPVIEW.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.