Entretenimento

Novo livro ensina homens a serem aliados das mulheres no trabalho

Reuters
Reuters

17 de novembro de 2020 - 11:37 - Atualizado em 17 de novembro de 2020 - 11:37

Por Chris Taylor

NOVA YORK (Reuters) – Você é um “cara legal” ou só pensa que é?

É esta a pergunta que os autores David Smith e W. Brad Johnson fazem aos homens no ambiente de trabalho. Em outras palavras, você é uma pessoa que apoia, patrocina e defende ativamente suas colegas mulheres?

Em seu novo livro, “Good Guys: How Men Can Be Better Allies for Women in the Workplace” (Caras legais: como os homens podem ser melhores aliados para as mulheres no local de trabalho, numa tradução livre), Smith, que é professor-adjunto de sociologia no Colégio Naval de Guerra dos Estados Unidos, e Johnson, professor de psicologia na Academia Naval dos EUA, delineiam o raciocínio para ser um guerreiro em nome da diversidade de gênero.

Quando a Reuters lhes indagou por que o tópico é tão importante para eles, Smith respondeu: “Estávamos interessados na pergunta ‘por que os homens não estão mais dedicados a igualar as condições quando se trata de igualdade de gênero no ambiente de trabalho?’. Nosso primeiro livro era sobre como homens em posições de liderança poderiam ser melhores para as mulheres. Este novo livro é uma conversa ainda mais ampla sobre aliança – como homens de todos os níveis da organização podem ser aliados melhores.”

“Existe uma lacuna entre o que os homens dizem acreditar e o que realmente estão fazendo. É o mesmo na conversa sobre raça: não basta dizer que você não é racista, você tem que realmente fazer algo para criar mudanças e agir.”

Johnson explica que ser um aliado no ambiente de trabalho “começa com os relacionamentos interpessoais. Como eu me mostro aos meus colegas? Isso pode ir desde começar amizades até criar confiança e ser um mentor”.

E quanto a questões que beneficiam todos, “os homens deveriam estar pressionando por mais horários flexíveis, arranjos para o cuidado das crianças, licença remunerada para os país. Estas são coisas sobre as quais os homens não costumam falar em alto e bom som.”

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.