Entretenimento

Morre Gilberto Braga, autor de novelas como ‘Vale Tudo’ e ‘Celebridade’

O autor de novelas estava internado desde sexta-feira (22) por causa de uma perfuração de esôfago

Giselle
Giselle Ulbrich
Morre Gilberto Braga, autor de novelas como ‘Vale Tudo’ e ‘Celebridade’
(Foto: Reprodução / R7)

26 de outubro de 2021 - 22:36 - Atualizado em 26 de outubro de 2021 - 22:36

Morreu aos 75 anos, no Rio de Janeiro, o autor de novelas Gilberto Braga. Ele estava desde a última sexta-feira (22) internado no hospital Copa Star, em Copacabana.

Gilberto teve uma perfuração no esôfago e já vinha com outros problemas de saúde, como cirurgia na coluna, outra no coração, Alzheimer e uma hidrocefalia, que o deixou com dificuldades para andar. Ele já estava há 5 anos recluso em seu apartamento, no Rio de Janeiro, por causa dos problemas de saúde. A perfuração do esôfago causou uma infecção generalizada e o novelista não resistiu.

Carreira

Uma das personagens mais marcantes da carreira do autor de novelas foi Odete Roitman. Mas não foi só ela. Criou dezenas de outras vilãs e mocinhas que caíram no gosto do público, em tramas que prendiam qualquer um na frente da televisão. Ganhou, inclusive, um Emmy Internacional de Melhor Telenovela, com “Paraíso Tropical” (2008).

Conforme o site G1, Gilberto assinou 21 novelas na Globo:

  • “Corrida do Ouro” (1974)
  • “Helena” (1975)
  • “Senhora” (1975)
  • “Bravo!” (1975)
  • “Escrava Isaura” (1976)
  • “Dona Xepa” (1977)
  • “Dancin’ Days” (1978)
  • “Água Viva” (1980)
  • “Brilhante” (1981)
  • “Louco Amor” (1983)
  • “Corpo a Corpo” (1984)
  • “Vale Tudo” (1988)
  • “Rainha da Sucata” (1990) – colaboração
  • “Lua Cheia de Amor” (1990) – supervisão
  • “O Dono do Mundo” (1991)
  • “Pátria Minha” (1994)
  • “Força de um Desejo” (1999)
  • “Celebridade” (2003)
  • “Paraíso Tropical” (2007)
  • “Insensato Coração” (2011)
  • “Lado a Lado” (2012) – supervisão
  • “Babilônia” (2015)

Também conforme o G1, foi autor de cinco minisséries:

  • “Anos Dourados” (1986)
  • “O Primo Basílio” (1988)
  • “A, E, I, O… Urca!” (1990) – produção musical
  • “Anos Rebeldes” (1992)
  • “Labirinto” (1998)

E outros formatos de programas na emissora:

  • “Dama das Camélias” (1973)
  • “As Praias Desertas” (1973)
  • “O Preço de Cada Um” (1973)
  • “Mulher” (1974)
  • “Feliz na Ilusão” (1974)